Marco Luque diz que hoje Patropi tem a sua cara na Escolinha

Na Globo, a nova leva de episódios começa a ser exibida neste domingo (28).

28/07/2019 11:51h

Compartilhar no

Quando foi convidado a entrar na Escolinha do Professor Raimundo (Globo), em novembro de 2018, o ator e comediante Marco Luque, 45, revela que foi um grande presente poder interpretar um papel que ficou tão conhecido com o ator Orival Pessini (1944-2016). Porém, dar vida ao hippie universitário Patropi não foi fácil no começo.

"A Escolinha é um projeto incrível e interpretar o Patropi é muito bacana. É normal que no começo assuste, principalmente por ser um personagem que já era consagrado há anos", conta o ator.
Segundo ele, porém, conforme o tempo passa e mais temporadas do humorístico entram na programação, ele vai se sentindo mais confiante. No canal Viva, a quinta temporada da Escolinha estreou no dia 8 de julho (e elevou a audiência do canal nos dois primeiros episódios). Na Globo, a nova leva de episódios começa a ser exibida neste domingo (28).

"Creio que consegui trazer alguns toques, inovações e trejeitos meus para o personagem e o resultado tem sido bastante positivo", completa Luque, que diz ter de adaptar o que fala no ar para os dias de hoje. "Não posso contar as mesmas piadas, até porque tem coisas que não se enquadram mais na atualidade. E isso é normal em todo processo evolutivo."
Para ele, é difícil elencar um personagem como o seu favorito dentre tantos que ele já fez em quase 20 anos de carreira. Porém, ele conta que o Patropi está entre os mais especiais, já que o riponga tem repercutido bem com o público.
"Algumas pessoas já me identificam como Patropi e dizem coisas legais sobre o personagem. Claro que leva um tempo e tem outros fatores também que interferem na consagração de um papel. Cada um deles tem uma história e ficam mais conhecidos em algum meio, seja nos tradicionais como rádio e TV ou nos virtuais, como no YouTube. São como filhos", define.
Na nova temporada da Escolinha, há algumas novidades. Dentre elas está a entrada de novos personagens, como o João Canabrava, que será interpretado pelo Marcos Veras, e o Seu Fininho, que será feito pelo Paulo Vieira. "Toda edição esperamos que seja a melhor, mas essa é especial. Além da famosa sala do Professor Raimundo, teremos outros cenários, como a sala dos professores e o refeitório", lembra Luque.
Para ele, todas essas mudanças são bem-vindas e dão novo fôlego ao elenco. "Acredito que renova as energias e dá um novo gás. A Escolinha em si já é um projeto muito bom, mas essas mudanças vieram para trazer novidade ao público e até para nós. Estávamos todos muito ansiosos para descobrir como seria essa nova temporada. Os novos cenários ficaram muito divertidos também", aponta.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Folhapress

Deixe seu comentário