Flamengo x Altos: cambistas já estão anunciando ingressos pelo dobro do valor

Partida pela terceira fase da Copa do Brasil acontece no próximo domingo (1º), no Estádio Albertão.

26/04/2022 09:15h - Atualizado em 26/04/2022 12:33h

Compartilhar no

Preços altos, formas de pagamento inacessíveis, longa espera na fila e poucos postos de venda. Essas são algumas das reclamações de quem está na fila quilométrica formada no Estádio Albertão na manhã desta terça-feira (26) para comprar ingressos para a partida entre Altos e Flamengo, que ocorre no próximo domingo (1º). O jogo ocorre pela terceira fase da Copa do Brasil e será a primeira vez na história que Altos e Flamengo se enfrentam no Piauí.


Leia também: Venda de ingressos para o jogo Flamengo X Altos começa hoje; veja os locais e valores 


O estudante Paulo de Tarso está na fila desde 6h da manhã e, após três horas, não conseguiu chegar nem perto da bilheteria. Para ele, o valor cobrado pelo ingresso, que varia entre R$ 150 e R$ 300, é abusivo. "O valor está um absurdo, caro demais e ainda mais pelas formas de pagamento. Poderiam facilitar para que mais pessoas pudessem comprar. É o jeito comprar porque é a oportunidade de ver o meu time do coração, de ver meus ídolos de pertinho", afirmou.

Foto: Assis Fernandes/O Dia


Nas bilheterias, as vendas estão limitadas a cinco ingressos por pessoa, o que facilita para quem quer comprar o ingresso e revender. O resultado é que, poucas horas após iniciar a venda, cambistas já estão anunciando os tickets pelo dobro do valor. No Albertão, os cambistas anunciam os ingressos para os torcedores que ainda aguardam a vez e usam como argumento a comodidade de não ter que esperar na fila e já ter a entrada garantida

O motorista de aplicativo Charles Batista é outro torcedor que está esperando há mais de três horas para comprar os ingressos. Mesmo com o alto valor, o torcedor não abriu mão de ver o time do coração e pretende comprar dois ingressos para ver a partida. Para ele, os tickets também deveriam ser sendo vendidos de forma online, para facilitar a compra.

 "Os valores estão um absurdo porque é Flamengo e Altos pela terceira fase. Em 2019, eu fui para Fortaleza ver uma partida do Flamengo pela série A e paguei metade do preço. No Maracanã o valor mais caro é R$ 90 reais e aqui está sendo R$ 300. É um absurdo. Espero comprar o meu daqui a uma hora, mas estou com medo de acabar. Os postos de vendas são muito ruins, deveria ter permitido a compra pela internet", destacou. 


O flamenguista Charles Batista comentou o preço dos ingressos da partida - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Vendedores ambulantes aproveitam venda de ingressos para incrementar a renda

Enquanto os torcedores aguardavam para comprar os ingressos, havia gente aproveitando para incrementar a renda com a venda de lanches e de artigos esportivos. É o caso do vendedor Luciano Pessoa. Ele conta que já trabalha diariamente com a venda de bandeiras e camisas de time ao ar livre em ponto próximo ao Clube dos 100 no Parque Piauí.


Luciano Pessoa aproveitou a venda de ingressos para incrementar a renda - Foto: Assis Fernandes/O Dia

Hoje (26), Luciano decidiu transferir sua venda para o Albertão justamente porque sabia do movimento intenso de torcedores no local. “É meu ganha pão e eu já trabalho com isso mesmo no ano inteiro. É a forma que tenho de manter minha família e aqui é uma oportunidade muito boa, um jogo desse movimenta a cidade toda e todo o interior ao redor. O Flamengo por si só já movimenta muito”, diz Luciano.

Só nesta manhã com a venda de camisas e bandeiras, ele diz que já faturou cerca de R$ 200,00.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário