Pela 1ª vez, duas piauienses treinam juntas na Seleção Principal

Valéria, atacante do Madri e Mariazinho, meia-atacante Juventus estavam em campo no treino em Portimão, Portugal.

21/10/2020 13:08h

Compartilhar no

Essa semana a Seleção Brasileira de Futebol Feminino iniciou seus treinos em Portimão, em Portugal. Com foco total nas olímpiadas de Tóquio adiadas para 2021. Sob comando da técnica Pia Sundhage o futebol feminino no Piauí subiu de patamar e vive a experiência inédita de ter duas piauienses na seleção principal e o primeiro treino aconteceu na tarde desta terça-feira (20). Valéria, atacante do Madri e Mariazinha, meia-atacante Juventus estavam em campo.

Após o treino e muitos registros das piauienses treinando lado a lado e até mesmo em times opostos com Pia, à noite foi a vez de rolar aquela velha e tradicional ‘trolagem’. Valéria precisou se apresentar as companheiras já que essa foi sua primeira convocação na ‘Era Pia’ e além de falar seu currículo ela precisou soltar a voz e escolheu o hit Rita para cantar e acabou sendo acompanhada pelas companheiras de amarelinha.

“Eu estava conversando com a Maria e aí decidi cantar a Rita, nem imaginei que iria bombar tanto. Até o próprio Thierry (interprete da música) deu repost no vídeo e as meninas todas cantaram e a resenha acabou sendo muito boa”, contou rindo Valéria.

As atletas frisam a empolgação de fazer parte desse projeto visando as olímpiadas e o peso de ter duas piauienses na seleção principal. “ Não sei muito o que falar, mas é um grande momento para o Piauí”, acrescentou Valéria.

Atual seleção conta com 18 atletas em treinamentos até o dia 27 de outubro. Dessa vez, a técnica sueca convocou atletas dos EUA, China e Europa. Desde o mês de setembro a seleção voltou a se reunir após a paralisação devido a pandemia de covid-19. Na primeira convocação apenas atletas que atuavam no Brasil e também contou com piauiense, atacante do Corinthians Adriana ‘Maga’. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Pâmella Maranhão - Jornal ODIA

Deixe seu comentário