Sarah Menezes comanda seleção brasileira de judô no Grand Slam de Budapeste

A competição marca o início do ciclo olímpico para Paris 2024 e distribuirá pontos importantes no ranking mundial sênior.

07/07/2022 14:45h - Atualizado em 07/07/2022 15:05h

Compartilhar no

A ex-judoca piauiense e campeã olímpica Sarah Menezes anunciou nesta quinta-feira (07), pela suas redes sociais, que está em Budapeste, capital da Hungria, para comandar a seleção brasileira de judô no Grand Slam que inicia amanhã (08). A ex-atleta é treinadora da seleção desde dezembro do ano passado, e desde então, tem acumulado bons resultados à frente da equipe.

A competição marca o início do ciclo olímpico para Paris 2024 e distribuirá pontos importantes no ranking mundial sênior. Dentre os 406 judocas que participarão do evento, 20 são brasileiros. A competição termina no domingo (10).

Foto: Reprodução

Segundo a Federação Internacional de Judô, os combates serão divididos entre os três dias de competição, começando com as categorias mais leves de cada gênero. 

Veja os detalhes dos primeiros desafios do Brasil na Hungria:

Sexta-feira (08/07) - Feminino (48kg, 52kg e 57kg) e Masculino (60kg e 66kg)

No feminino, Amanda Lima (48kg) estreia nas oitavas de final e aguarda a vencedora de Zongying Guo (CHN) x Lois Petit (BEL). Pela primeira rodada, Yasmin Lima (52kg) encara a vietnamisa Thuy Nguyen; Rafaela Silva (57kg) a tcheca Vera Zemanova; e Jessica Lima (57kg) a chinesa Qi Cai.

Já no masculino, Matheus Takaki (60kg) fará sua estreia na segunda rodada contra Ariunbold Enkhtaivan, da Mongólia, e Willian Lima (66kg) enfrenta o chinês Saiyinerideni, também pela mesma rodada.

Sábado (09/07) - Feminino (63kg e 70kg) e Masculino (73kg e 81kg)

No feminino, Tamires Crude (63kg) estreia na primeira rodada contra Moldir Narynova, do Cazaquistão; Ketleyn Quadros (63kg), pelas oitavas de final, aguarda o resultado de Nadja Bazynski (ALE) x Aqulina Chayeb (LBN); Luana Carvalho (70kg) encara a mongol Enkhchimeg Tserendulam na primeira rodada; e Maria Portela (70kg), também nas oitavas, enfrenta a vencedora de Saki Niioze (JPN) x Nodira Yuldasheva (UZB).

Já no masculino, Julio Cesar Koda (73kg) estreia contra Shakhram Akhadov (UZB); Daniel Cargnin (73kg), na segunda rodada, encara Rustam Orujov, do Azerbaijão; Vinicius Panini (81kg) enfrenta o porto riquenho Adrian Gandia; e Guilherme Schimidt (81kg), campeão na Turquia, começa na segunda rodada e aguarda o resultado de Tim Gramkow (ALE) x Bolor-Ochir Gereltuya (MGL).

Domingo (10/07) - Feminino (78kg e +78kg) e Masculino (90kg, 100kg e +100kg)

Mayra Aguiar (78kg), a única mulher brasileira competindo no dia, estreia direto nas quartas de final e aguarda o resultado do confronto Karen Leon (VEN) x Mariam Tchanturia (GEO).

Já entre os homens, o dia está recheado. Rafael Macedo (90kg) estreia na segunda rodada contra o alemão Eduard Trippel; Rafael Buzacarini (100kg), na primeira rodada, encara o francês Cedric Olivar e William Souza Jr. (100kg) o alemão Daniel Herbst. Pela categoria +100kg, Rafael Silva, o “Baby”, estreia nas oitavas de final e aguarda o resultado de Jelle Snippe (HOL) x Moustapha Fofana (GUI). Já João Cesarino, na mesma categoria, enfrenta o chinês Yongjie Yin na primeira rodada. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Com informações da CBJ.

Deixe seu comentário