Portal O Dia - Notícias do Piauí, Teresina, Brasil e mundo

WhatsApp Facebook Twitter Telegram Messenger LinkedIn E-mail Gmail

Entenda a síndrome da pessoa rígida que acomete a cantora Céline Dion

A doença afeta o sistema nervoso e seus principais sintomas são espasmos e rigidez nos músculos

05/02/2024 às 12h17

A cantora Céline Dion, surpreendeu o público após aparição surpresa no Grammy de 2024 na noite deste domingo (04). Em 2022 a artista foi diagnosticada com a síndrome de stiff-person, ou Síndrome da Pessoa Rígida (SPR), uma doença rara e sem cura.

Entenda a síndrome da pessoa rígida que afeta a cantora Céline Dion  - (Getty Images /The Recording ) Getty Images /The Recording
Entenda a síndrome da pessoa rígida que afeta a cantora Céline Dion

A doença que acomete a celebridade afeta o sistema nervoso e seus principais sintomas são espasmos e rigidez nos músculos. Em muitos casos, os músculos alteram de tamanho ficando maiores começando no tronco e abdômen causando dores intensas, o que forçou Céline Dion a adiar parte de seus shows de 2023 para 2024.

Quais são as causas?

A causa da síndrome da pessoa rígida pode ser uma reação autoimune, que é quando o corpo produz anticorpos que as células nervosas na medula espinhal que controla os movimentos musculares. A maioria dos indivíduos com síndrome da pessoa rígida possui anticorpos que atacam uma enzima denominada descarboxilase do ácido glutâmico

O diagnóstico da síndrome é feito por meio de um exame de sangue que mede o nível de anticorpos descarboxilase do ácido glutâmico (GAD) no sangue.

Apesar da doença não ter cura, existem tratamentos que ajudam a aliviar os sintomas causados baseados em sedativos e até mesmo corticosteroides.

Com poucas aparições públicas, Céline Dion relatou da sua dificuldade em lidar com a doença.

“Estes últimos anos têm sido um grande desafio para mim, a jornada desde a descoberta da minha condição até aprender como conviver e lidar com ela, mas não deixar que isso me defina”, disse em comunicado.

A cantora tem se dedicado em documentar sua jornada contra a síndrome para compartilhar para outras pessoas que sofrem com o mesmo diagnóstico através de seu documentário “I Am: Céline Dion”.

Sintomas

Os sintomas da SPR geralmente começam de forma gradual e podem incluir rigidez muscular persistente, especialmente nas costas, abdômen e membros, o que pode levar a posturas anormais e dificuldade de movimento. Outros sintomas incluem:

  • Espasmos musculares súbitos e dolorosos, conhecidos como espasmos de flexão.
  • Posturas anormais devido à rigidez muscular.
  • Flexibilidade comprometida.
  • Sensibilidade aumentada à luz, sons e toque.
  • Problemas de equilíbrio e coordenação.
  • Espasmos musculares desencadeados por estímulos sensoriais como ruídos altos, toque ou estresse emocional.
 Os sintomas da SPR geralmente começam de forma gradual  - (Freepik) Freepik
Os sintomas da SPR geralmente começam de forma gradual

Tratamento

O tratamento da SPR visa principalmente aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida do paciente. Isso pode incluir o uso de medicamentos para reduzir a rigidez muscular e os espasmos, como benzodiazepínicos, baclofeno e gabapentina.

Fisioterapia e terapia ocupacional também desempenham um papel importante no manejo da síndrome, ajudando a melhorar a flexibilidade, força muscular e capacidade funcional.

Além disso, apoio psicológico e suporte emocional são fundamentais, já que a SPR pode ter um impacto na saúde mental e bem-estar emocional do paciente. Estratégias de autocuidado, como técnicas de relaxamento, mindfulness e atividades de lazer, também podem ser benéficas para lidar com o estresse e a ansiedade associados à condição.

Com informações do Manual MSD