Águas de Teresina nega que suspeitos usavam farda da empresa

A empresa rebateu uma informação veiculada na manhã de ontem (29) sobre o uso de fardamento da empresa como disfarce por suspeitos de praticarem assaltos na zona Sul.

30/07/2019 11:04h

Compartilhar no

Em nota enviada à imprensa na manhã desta terça-feira (30), a concessionária Águas de Teresina, responsável pelo sistema de distribuição de água e esgotamento sanitário da Capital, rebateu uma informação veiculada na manhã de ontem (29) sobre o uso de fardamento da empresa como disfarce por suspeitos de praticarem assaltos na zona Sul.

Segundo a empresa, todos os colaboradores de campo trabalham devidamente uniformizados e portando crachá de identificação. Além disso, todos os veículos são padronizados com a logomarca e canais de atendimento da concessionária. 

“A empresa também adota rigoroso controle de entrada e saída de uniformes com a finalidade de evitar desvios e uso inadequado. Por se tratar de Equipamentos de Proteção Individual, em caso de desligamento, há o recolhimento e descarte adequado. Inclusive, a Águas de Teresina orienta seus parceiros de negócios que adotem a mesma conduta”, comunicou.

Na manhã de ontem, a Polícia Militar havia informado à imprensa que um suspeito morto durante assalto a um supermercado no bairro Santo Antônio estaria utilizando o fardamento da concessionária e de que a prática era comum na região para enganar possíveis vítimas. A vítima do assalto também relatou que, durante a abordagem, um dos suspeitos estaria trajando o fardamento da empresa, o que facilitou a entrada do assaltante no interior do supermercado.

PM informou que suspeito morto usava farda da empresa. (Foto: Assis Fernandes/O Dia)

De acordo com a Águas de Teresina, as imagens registradas pela imprensa do local do crime demonstram que o suspeito morto não usava o uniforme da concessionária. A empresa reforçou a sua preocupação com a segurança dos seus colaboradores e também da população para a qual presta serviço.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário