PF cumpre 38 mandados contra roubo e lavagem de dinheiro no Piauí e Maranhão

Operação Hesíodo: ação mira em um grupo criminoso que atuava na cobrança de dívidas, tráfico de armas e roubos a instituições financeiras em vários estados.

10/06/2021 08:30h - Atualizado em 10/06/2021 09:08h

Compartilhar no

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (10) a Operação Hesíodo para desarticular uma facção criminosa especializada no tráfico de armas, em roubos a instituições financeiras e na lavagem de dinheiro que atuava nos Estados do Piauí e Maranhão. A ação cumpre 14 mandados de prisão temporária, 24 mandados de busca e apreensão e o sequestro de bens.


Leia também: Teresina: quadrilha usava lojas de veículos e arenas esportivas para lavar dinheiro 



Foto: Divulgação/Polícia Federal

Os alvos da operação estão localizados nas cidades de Teresina. Timon e Caxias, onde estão sendo cumpridas as ordens judiciais ao longo desta manhã. No decorrer da investigação, a polícia constatou que o grupo possuía ramificação em vários estados brasileiros e que havia pessoas com atuação em âmbito nacional ligadas à facção. 


“Os investigados teriam tarefas bem definidas dentro do grupo, alguns com a incumbência de serem o braço armado do grupo, realizando cobrança de dívidas, outros por realizarem a venda de drogas e armas e alguns por serem operadores financeiros para a lavagem de dinheiro”, explicou a Polícia Federal em nota.


Foto: Divulgação/Polícia Federal

Para cumprimentos das ordens judiciais, a PF mobiliza 102 policiais com apoio da Superintendência de São Luís, além de empregar também cães farejadores. Participam da ação também o Comando de Operações Táticas (COT), o apoio aéreo do Comando de Aviação Operação (CAOP).

Os alvos da operação podem responder por crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro e tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

Nome da operação

A Operação Hesíodo recebeu este nome em referência ao poeta grego que escreveu a Teogonia, na qual faz referência à origem de monstros da mitologia grega que espalhavam terror miséria.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Com informações da Polícia Federal

Deixe seu comentário