Dobradinha entre MDB e PT na Alepi pode se repetir na Câmara Municipal de Teresina

Os dois partidos estreitam a aliança na capital, já consolidada em âmbito estadual

03/12/2020 10:33h

Compartilhar no

O deputado Themistocles Filho (MDB) deve ser reconduzido para a presidência da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). A definição da composição para a nova mesa diretora, prevista para a próxima quarta-feira (9), ainda deve ter a deputada Flora Izabel (PT) a vaga de 1ª vice, em uma eleição de consenso e sem disputa entre chapas.

A parceria entre MDB e PT também deve se repetir nas eleições para a mesa diretora da Câmara Municipal de Teresina (CMT), onde o atual presidente, Jeová Alencar (MDB), busca a reeleição. “Temos feito um bom trabalho e isso nos credencia a pleitear um novo mandato, ouvindo todos os vereadores. Vou conversar com todos e tentar o consenso”, disse o parlamentar. 

Jeová Alencar (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

O emedebista conta com o apoio da ampla maioria dos titulares eleitos para a legislatura que se inicia em 2021 e admite que o PT manifestou a intenção de indicar o vice-presidente na chapa. Apesar disso, o presidente da CMT ressaltou que a discussão deve se prolongar até o final de dezembro, uma vez que a eleição só acontece no dia 1 de janeiro, após a posse dos vereadores eleitos e reeleitos.

“Ainda vamos ver a composição de acordo com e a representatividade dos partidos”, pontuou Alencar. Apesar disso, o PT, que ampliou sua bancada na Casa, também segue articulando a indicação do vereador Deolindo Moura para a vice-presidência e busca consenso com as outras agremiações.

Deolindo Moura (Foto: Assis Fernandes/ODIA)

“Espero que possamos ter um entendimento de chapa única. É o nosso desejo, mas é óbvio que se houver mais de uma pretensão, a democracia da Câmara será igual a externa, vamos para o voto, mas acredito que podemos costurar e construir o consenso nesta Casa", destacou o vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT).

A relação entre os dois partidos tem se intensificado, principalmente após as Eleições Municipais 2020, com o MDB voltando a eleger prefeitos em municípios piauienses , inclusive em Teresina. Apesar de ter vencido o pleito majoritário em apenas 24 cidades no estado, o PT aposta na unidade da sua base aliada para ter sucesso na sucessão do governador Wellington Dias em 2022.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Breno Cavalcante

Deixe seu comentário