Piauí: com aumento de casos de Covid, comitê de saúde pede reforço de insumos hospitalares

Durante reunião com membros do Comitê de Saúde estadual e municipal realizada nesta quarta (23), ficou decido ainda que haverá o monitoramento da venda de autotestes para covid nas farmácias privadas

23/11/2022 14:23h

Compartilhar no

Diante do aumento de casos de coronavírus registrado na última semana, membros do Comitê Estadual e Municipal de Operações Emergenciais contra a Covid-19se reuniram nesta quarta-feira (22) para discutir o panorama da doença no Estado e no município. Dentre as decisões, os especialistas reforçam a necessidade da compra de insumos hospitalares, uma vez que o aumento de infecções não só no Brasil, como no mundo, pode levar a dificuldades na aquisição desses produtos.

(Foto: Divulgação/Sesapi)

De acordo com o professor doutor Emídio Matos, membro do COE Estadual e do Núcleo de Estudos em Saúde Pública (NESP) da UFPI, o atual cenário epidemiológico indica que é preciso ter cautela. “Precisamos estar atentos com o aumento da taxa de transmissibilidade. Em alguns países, sobretudo aqui no Brasil, o aumento dessa taxa reflete na taxa de internação. O Rio de Janeiro é um estado onde já se percebe isso”, afirma. 

Durante a reunião, também ficou decidido que haverá o monitoramento da venda de autotestes nas farmácias privadas, a fim de elaborar um indicador com os dados e avaliar se houve aumento da procura. Além disso, permanece válido o decreto estadual que torna obrigatório o uso de máscaras em transporte coletivo, unidades de saúde e para grupos populacionais específicos. 

Apesar de o uso de máscaras em ambientes fechados ainda não ter se tornado obrigatório, os especialistas recomendam a sua utilização. Segundo Emídio Matos, na próxima semana os membros do comitê voltarão a se reunir para analisar novamente a situação. 

Casos aumentam em 37% no Piauí e quase 500% em Teresina

De acordo com o último Boletim Epidemiológico Covid-19, referente ao período de 13 a 19 de novembro, houve um aumento de 37% dos casos de Covid no Estado. Houve também elevação do Índice de Transmissibilidade da doença, em comparação aos últimos sete dias. O Boletim Epidemiológico Covid-19 da 46ª Semana mostra que a taxa de transmissibilidade aumentou de 0,66 para 0,94. 

Em Teresina, os casos aumentaram 497,5% entre a 45ª e a 46ª semana epidemiológica. Os dados apontam que, nesse período, o  número de  casos passou de 40 para 239. Na 46°semana, a cidade também registrou uma morte por covid após mais de um mês e meio sem registrar óbitos pela doença. A última morte em decorrência da covid havia sido registrada no dia 07 de outubro.

Os números reforçam a necessidade das pessoas completarem seu esquema vacinal, uma vez que, no Piauí, 936 mil pessoas não retornaram aos locais de vacinação para tomar a primeira dose de reforço contra a doença,segundo levantamento do Plano Nacional de Imunizações (PNI). 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Ithyara Borges