Dose de reforço: trabalhadores da saúde acima dos 18 anos podem fazer agendamento

Para ter acesso, o trabalhador deve ter obrigatoriamente seis meses da aplicação da segunda dose ou dose única de qualquer imunizante

14/10/2021 09:28h

Compartilhar no

Um novo cronograma para agendamento da dose de reforço de trabalhadores da saúde foi divulgado pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). Os agendamentos para os profissionais de 50 anos ou mais estão disponíveis desde às 18h desta quarta-feira (13). Além disso, foram abertos novos horários para contemplar todos que se encaixam nos requisitos do Ministério da Saúde.

Para evitar congestionamento do sistema, foi montado um cronograma com dias diferentes para cada faixa etária dos trabalhadores. 

- Quinta-feira (14)
Às 18h, serão contemplados aqueles que estão na faixa etária de 40 a 49 anos;

- Sexta-feira (15)
Às 16h, o sistema abre para os profissionais na faixa dos 30 a 39 anos;

- Segunda-feira (18)
Às 18h, agendamento para aqueles de 18 a 29 anos.

(Foto:  César Ferreira/Ascom)

Para ter acesso à vacina, o trabalhador da saúde deve ter obrigatoriamente seis meses da aplicação da segunda dose ou dose única de qualquer imunizante. Ele deve agendar no site do Vacina Já, no campo Agendamento dose de Reforço (em azul), independentemente do setor de trabalho, categoria profissional ou vínculo público, privado ou autônomo.

A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid, Emanuelle Dias, alerta que o site de agendamento não vai utilizar os cadastros dos trabalhadores utilizados previamente realizados pelos Estabelecimentos de saúde feitos no início da campanha de vacina Covid-19, portanto, caso o trabalhador não tenha sido cadastrado previamente, ele conseguirá se agendar normalmente.

"No momento da vacinação ele deve levar um comprovante de trabalho (que está na ativa como trabalhador em Estabelecimento de Saúde) e cartão de vacina com registro de doses para comprovar os 6 meses da D2", diz.

O fabricante do imunizante da vacina contra Covid-19 a ser aplicado na dose de reforço será exclusivamente a Pfizer, independentemente do fabricante do imunizante aplicado na D1 e D2.

Idosos de 80 anos e mais devem receber dose de reforço até sexta (15)

Os idosos de 80 anos e mais poderão tomar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 até sexta-feira (15). São quatro pontos de vacinação, no horário das 9h às 12h, para atender esse público. Os idosos que forem aos locais de vacinação de carro podem aguardar dentro do veículo a vacinação.

O atendimento será por demanda espontânea – ou seja, não precisa de agendamento – e acontece nos seguintes locais:

- Terminal Buenos Aires;
- Terminal Zoobotânico;
- Terminal Livramento;
- Terminal Parque Piauí.

No momento da vacinação, os idosos devem apresentar documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS e o cartão de vacina com o registro das doses anteriores.

No momento só podem tomar a nova dose os idosos que tomaram a segunda dose há no mínimo seis meses, conforme estabelecido pelo Ministério da Saúde.

A vacina usada será a do laboratório Pfizer, que poderá ser utilizada nos terminais graças a um esquema montado pela FMS em parceria com os locais de vacinação, que dispõem de salas refrigeradas que permitem o acondicionamento do imunizante.

Compartilhar no
Fonte: Com informações da FMS

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário