Sem estacionamento no Shopping da Cidade, lojista é multado 20 vezes em 13 anos

Entre as principais críticas dos lojistas e clientes está a falta de estacionamento.

30/06/2022 14:56h - Atualizado em 30/06/2022 15:10h

Compartilhar no

Shopping da Cidade completa 13 anos de existência. Ao mesmo tempo em que proporciona uma oportunidade de renda para mais de 1.600 comodatários, o shopping acumula problemas ao longo dos anos. Entre as principais críticas dos lojistas e clientes está a falta de estacionamento. Uma demanda antiga de quem precisa ir ao shopping todos os dias, como é o caso do permissionário João Mesquita. 


Leia também: Greve na Educação: Dr. Pessoa ameaça demitir professores que não retornarem à sala de aula 


Foto: Assis Fernandes/O Dia

O lojista, que tem um box no Shopping da Cidade desde 2009, conta que já foi multado mais de 20 vezes devido à falta de estacionamento. “Como eu preciso descarregar as mercadorias, não posso estacionar longe e vir trazendo os produtos pesados nos braços. Como não tem estacionamento e eu preciso parar próximo ao shopping para descarregar, e por isso, já fui multado mais de 20 vezes”, afirma.

Foto: Assis Fernandes/O Dia

Segundo o presidente do Sindicato de Microempreendedores e Feirantes de Teresina, Péricles Veloso, além das multas, a falta de estacionamento traz prejuízo também por afastar a clientela, que deixa de frequentar o centro comercial. De acordo com ele, o Shopping da Cidade teve uma redução de cerca de 50% dos clientes ao longo desses 13 anos por conta do problema.

“Se for fazer uma enquete dentro do shopping é difícil ter um comadatário que não tenha sido multado duas ou três vezes. Eu mesmo já peguei seis multas e conheço pessoas que já pegaram até 14 multas porque não temos um estacionamento para os comodatários. Esse sempre foi o principal problema, porque se nós tivéssemos estacionamento, nossa arrecadação seria fantástica. Do início do shopping para agora, perdemos em média 50% dos clientes porque tem gente que vem comprar uma capa de celular de 20 reais e pega uma multa de 89 ou 128 reais”, destaca.

Foto: Assis Fernandes/O Dia

Socorro Estevan é uma das clientes que relata o problema para estacionar nas proximidades do Shopping da Cidade. Devido à falta de vagas, ela conta que opta por deixar o carro em um estacionamento privado, o que aumenta os custos para quem vai ao shopping com o intuito de economizar. 

Foto: Assis Fernandes/O Dia

“Se tivesse estacionamento seria ótimo. Compro aqui com frequência por causa da variedade de produtos e dos preços que são mais baratos do que nas lojas, só que preciso deixar o carro em um estacionamento pago porque não tem vaga próximo ao shopping”, declara.

Apesar dos problemas, os lojistas destacam os benefícios que o Shopping da Cidade proporcionou para os microempreendedores da capital ao longo dos últimos 13 anos. Atualmente, o centro comercial possui 1.683 boxes, 42 quiosques e 22 lojas, e é considerado referência para o comércio do estado, atraindo clientes de municípios e estados vizinhos.

Foto: Assis Fernandes/O Dia

“No começo tivemos muita resistência, eu mesma fui uma das que resistiu para vir para o shopping. Eu deixei de ser camelô para me tornar empreendedora. Então, o shopping agrega valores na cidade, e é o maior centro de compras do Piauí”, diz a presidente da Associação dos Comodatários do Shopping da Cidade, Neuracy Silva.

A programação de aniversário do Shopping da Cidade continua ao longo da semana. Amanhã (30), será realizado Shopping Fashion Day, um desfile de moda para mostrar os produtos ofertados no local. Já na sexta-feira (31), será realizado um momento de oração pela manhã e uma missa no turno da tarde.

Outro lado

A reportagem do O DIA procurou a Superintendência de Transporte e Trânsito de Teresina (Strans), mas não obteve retorno até a publicação deste material.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário