Mãe grava ameaças ao filho com faca para chantagear ex-companheiro em Teresina

As imagens foram gravadas há dois meses e teriam sido enviadas ao ex-companheiro da mulher; “Ou ele vem aqui em casa, ou o filho dele vai morrer”

22/07/2021 10:37h - Atualizado em 22/07/2021 11:52h

Compartilhar no

Um vídeo que circula nas redes sociais tem causado a indignação da população teresinense. As imagens, gravadas há dois meses, mostram a mãe batendo e ameaçando seus próprios filhos com uma faca. O vídeo teria sido enviado ao ex-companheiro da mulher, que o cita no vídeo. 


Fotos: Reprodução/Redes Sociais

“Ou ele vem aqui em casa, ou o filho dele vai morrer”, afirma a mulher no vídeo. Enquanto isso, a criança chora com os golpes e ameaças da mãe. Outra criança também estava presente, assistindo a agressão. 

O Conselho Tutelar da zona Norte de Teresina recebeu a denúncia nesta quarta-feira (21), por volta das 10h da manhã. Segundo Itapuã Cavalcante, um dos conselheiros responsáveis, após receber a denúncia, as equipes foram até a casa, que fica localizada no bairro Real Copagre, para averiguar a situação.

De acordo com o conselheiro, a violadora não se encontrava no local. A equipe então recebeu a informação de que ela estaria na casa da mãe e se deslocaram até lá. A mulher chegou a confirmar que ela mesmo teria gravado o vídeo para enviar para o seu ex-marido e pai das crianças. 


Leia também: Conselho da zona Leste recebeu mais de 200 casos de agressão infantil durante pandemia 


A agressora foi encaminhada à delegacia, mas não chegou a ser presa. “Nós conduzimos a mulher até a Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), e foi lavrado o B.O. Estamos agora pedindo as providências para a Vara da Infância. Ou fazem o acolhimento das crianças, ou pedimos o afastamento da mãe”, informa.

As crianças ficaram sob cuidados dos avós maternos e o Conselheiro Tutelar afirma que elas serão acompanhadas por equipe de profissionais, incluindo psicólogos. “Infelizmente a lei dá esses privilégios, mas o delegado está realizando os procedimentos. Nós também vamos encaminhar para a Rede de Proteção da Infância e Adolescência, com uma equipe de profissionais para fazer o acompanhamento”, pontua Itapuã Cavalcante.

O caso agora está sendo investigado pela Polícia Civil e o Conselho Tutelar está tomando todas as medidas possíveis.  

COMO DENUNCIAR

Em Teresina, as denúncias de violência contra a criança e adolescente podem ser  feitas através do Disque 100, que recebe, registra, analisa e encaminha aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização. Quando o caso é de gravidade, o Disque 100 aciona imediatamente a polícia. 

Também está disponível para denúncias o 153 do Disque Cidadania aqui em Teresina, que é o contato direto com a Guarda Municipal, além do 190 da Polícia Militar. As denúncias também podem ser feitas nos Centros de Referência de Assistência Social (CREAS).

Números dos Conselhos Tutelares de Teresina disponíveis para denúncia:

  • Conselho Tutelar Centro-Norte: 3215-9313
  • Conselho Tutelar Zona Sudeste: 3215-9360
  • Conselho Tutelar Zona Sul: 3227-6714
  • Conselho Tutelar Zona Leste: 3233-8841. 

O horário de atendimento é das 8h às 18h, mas depois deste período, um conselheiro atua em regime de plantão. Para entrar em contato, basta solicitar o número do plantonista.

Compartilhar no
Edição: Ithyara Borges

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário