VÍDEO: Oscilações de energia assustam vendedores e clientes em lojas no Centro de Teresina

Fios encostados um ao outro teriam casado o problema na região; lojistas temem que fiação atinja pedestres.

12/08/2022 09:51h - Atualizado em 12/08/2022 11:39h

Compartilhar no

Os lojistas de um trecho da rua Areolino de Abreu encaminharam ao Portal O Dia nesta sexta (12) um vídeo que mostra as fortes oscilações de energia na região. Segundo eles, o problema já vem ocorrendo desde o início desse ano e é causado por conta dos fios de energia que estão encostando um no outro. Parte da fiação costuma cair e ficar no chão, o que representa risco aos próprios vendedores e a aos populares que passam pelo local, de grande fluxo de pedestres.

No vídeo, é possível ver os clientes, muitos deles idosos, correndo para longe das portas de saída de uma farmácia da região com medo de serem atingidos pelos fios de alta tensão. Em outro vídeo gravado, equipes da Equatorial Piauí fazem o conserto da fiação. Porém, de acordo com Wendell Soares, locutor da farmácia, o problema voltou a acontecer.

“Eles vieram aqui, mas os fios continuaram muito próximos e o risco de encostarem de novo é muito grande. As oscilações continuam e o nosso medo é que o fio caia e atinja algum pedestre. Aqui passa muita gente o tempo todo”, disse Wendell. Pelo menos quatro pontos comerciais no quarteirão estão sendo afetados com o risco de oscilações e de queda dos fios.

O Portal O Dia entrou em contato com a Equatorial Piauí e mostrou a situação da rede de energia e o perigo aos comerciantes, clientes e pedestres que passam pelo local. Em nota, a concessionária de energia afirma que enviou uma equipe para realizar soluções paliativas na região.

Confira na íntegra a nota da Equatorial:

A Equatorial Piauí informa que ontem (11), identificou a ocorrência de oscilação de energia na área da Rua Areolino de Abreu, no Centro de Teresina. Uma equipe de campo foi enviada ao local, realizando os reparos necessários e normalizando o serviço no mesmo dia. A Distribuidora ainda comunica que, devido a recorrência da situação nesta sexta-feira (12), enviou uma equipe especializada ao local que está, nesse momento, realizando uma solução paliativa e uma avaliação da rede que atende a área, para que sejam programadas ações de manutenção com objetivo de evitar a reincidência.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário