Roda Viva

Quanto mais puxam a corda...

Quanto mais puxam a corda...

17/04/2017 10:06h

Compartilhar no

Quanto mais puxam a corda...

A extensa lista de políticos citada nas delações dos investigados na Operação Lava Jato, recentemente, dá uma ideia de como se comportam os políticos brasileiros, com raríssimas exceções, quando em jogo a conquista pelo poder, pela gana de se manter recebendo as benesses que o sistema oferece a quem chega lá. Embora nem todos citados estejam, obrigatoriamente, no mar de lama que se desanuvia a cada “puxada de corda”, a indignação cresce, dia-a-dia entre os cidadãos de bem.

Aqui não cabe discutir político de partido A ou B: o revoltante é saber que aqueles que elegemos para nos representar com dignidade, honrando o voto confiado, enveredam por uma caminho espúrio que tem por único objetivo o enriquecimento ilícito, fraudulento, sujo. Evidentemente, que nem todos – mas devem ser tão poucos... – devem estar metido nesse tonel de tudo que não presta, porém a revolta é sentida em todas as classes sociais, em todas as rodas, em todos os lares. 

Impossível ficar calado, parado, sem reação, enquanto aqueles a quem entregamos o nosso destino usam da nossa credibilidade para jogar nossos anseios, nas esperanças em algum esgoto em troca do vil metal. É preciso que o eleitor grave o nomes desses políticos que ajudam a emporcalhar um mandato outorgado por aqueles que confiaram em suas propostas, agora desmontadas por completo.

O deputado federal Heráclito Fortes (DEM), ao comentar a inclusão de seu nome na lista de políticos – citados nas delações à Operação Lava Jato - que tiveram abertura de inquérito, com autorização do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, explicou sua situação, esclarecendo a sua conduta como parlamentar, diante dos escândalos do momento.

Esclarecimento 2

Em nenhum momento, Heráclito disse ter negado ajuda recebida da Constrututora Odebrecht, destacando, inclusive sua ligação familiar com parentes de Cláudio Melo Filho. O parlamentar disse que recebeu doação oficial, não dinheiro de Caixa 2, portanto não teme nenhuma investigação, acrescentando que o fato sem deu em 2010, quando se candidatou a uma cadeira no Senado. Pleito que saiu derrotado.

Adiado

Nesta segunda-feira (17), a Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Piauí deverá se reunir para discutir e preparar relatório com as constatações dos parlamentares concernentes à situação das rodoviárias das cidades Teresina, Picos e Floriano, geridas pela iniciativa privada. Durante certo período, uma comissão de deputados fez visitas a essas rodoviárias. A comissão foi presidida pelo deputado estadual Marden Menezes (PSDB).

Telefonia móvel

O governador do Estado, Wellington Dias, sancionou a lei de autoria da deputada estadual Flora Izabel (PT) que obriga as prestadoras de serviços de telefonia móvel a colocarem placas com letras e símbolos gráficos de fácil visibilidade nos acessos das cidades do Piauí informando sobre sua atuação no município. Com a lei 6.965, de 3 de abril de 2017, os consumidores terão acesso mais rápido aos chips das empresas que operam em cada cidade, com abrangência nas rodovias federais e estaduais.

Bom negócio

Em Teresina, quem trabalha com pet shop não tem do que reclamar, pelo menos em se tratando de clientela: é cada dia maior o número de pessoas que levam seu “dog or cat” de estimação para consultas, dietas e outras mais. Certa feita, uma autoridade em área de saúde afirmou que Teresina era a única capital do País onde se vacinava mais cachorro do que criança. Isso vem corroborar com a mina ouro que virou as clínicas para animais.

É show

Contagem regressiva: dia 21, no Theresina Hall, tem Toquinho, MPB4 e Ivan Lins no mesmo palco, cantando sucessos e mais sucessos que pontilhavam suas carreiras vitoriosas: “Apesar de você”, “Tarde em Itapuã”, “O pato”, “A casa”, “O caderno”, “Amor em paz”, “Sou eu” e “Deixa eu dizer”. Toquinho interpreta sucessos como “Aquarela”, “Samba de Orly”, “Como dizia o poeta”, “Bachianinha nº 1” e muito mais.


É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: ODIA

Notícias Relacionadas