Cocal

Juiz concede liberdade a buritiense preso acusado de tentativa de roubo em Cocal-PI

Na decisão, o juiz destacou que Willian da Silva não é portador de antecedentes criminais, possui residência fixa e profissão definida, concedendo a sua liberdade provisória, mediante a aplicação de medidas cautelares

24/01/2023 08:49h - Atualizado em 24/01/2023 08:59h

Compartilhar no

Nesta segunda-feira (23/01), o Juiz da Vara Única de Cocal, Dr. Manfredo Braga Filho, revogou a prisão preventiva do jovem buritiense Willian da Silva Alves, de 19 anos, preso na última terça-feira (17/01), ao ser apontado pela vítima como o autor dos disparos de arma de fogo efetuados em uma tentativa de roubo a um mercantil no Bairro São Francisco em Cocal, no Norte do Piauí . 

 A defesa de Wiliam, constituídos pelos advogados Batista Brito Filho e Dr. Bruno Dantes, alegam que o jovem foi confundido com o assaltante e apresentaram novos indícios – provas, videos e fotos - que contrariam a peça acusatória; “Willian não poderia estar no mesmo lugar ao mesmo tempo e as características de ambos os personagens (acusados) não são idênticas, ou seja, não se trata da mesma pessoa, desta forma, fica claro que o jovem Willian é inocente”. 


Na decisão, o juiz destacou que Willian da Silva Alves não é portador de antecedentes criminais e possui residência fixa e profissão definida, concedendo a sua liberdade provisória, mediante a aplicação das seguintes medidas cautelares:


- Comparecimento periódico em juízo a cada 90 dias, informando as atividades realizadas, pelo período de um ano ou antes, acaso não seja denunciado;


- Comunicar a este juízo qualquer mudança de endereço;


- Comparecer perante a autoridade, todas as vezes que for intimado para atos do inquérito policial e da instrução criminal.

Por Repórter João Ferreira 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: João Ferreira
Edição: João Ferreira
Por: João Ferreira