Palmeirais

Bebê de um mês morre após levar soco durante violência doméstica em Palmeirais

A mãe da criança estava sendo agredida pelo seu companheiro, identificado como Joelson Oliveira de Sousa

09/12/2021 16:06h - Atualizado em 09/12/2021 16:49h

Compartilhar no

Um bebê recém nascido, de apenas um mês e cinco dias, morreu de traumatismo craniano após levar soco na cabeça durante ato de violência doméstica no povoado São Joaquim, em Palmeirais. A mãe da criança estava sendo agredida pelo seu companheiro, identificado como Joelson Oliveira de Sousa. 

Durante agressão à esposa, Joelson Oliveira de Sousa golpeou a cabeça do bebê, que morreu de traumatismo craniano. (Foto: Divulgação/Whatsapp)

De acordo com informações do agente Peruano, a polícia foi acionada pelo crime de violência doméstica, com suspeita de haver uma criança morta no povoado. “O Conselho Tutelar nos acionou afirmando que havia uma criança morta no São Joaquim”, pontua. 

Quando o Conselho Tutelar chegou no local, a criança já havia falecido. O casal, no entanto, não deixava ninguém entrar na casa. “Nós desconfiamos. Como que há uma criança com suspeita de morte e o casal não deixa ninguém entrar? Então achamos isso estranho. Quando chegamos, constatamos que se tratava realmente de um crime. Provavelmente uma violência doméstica, seguida da morte do bebê”, explica o agente. 

Agente Peruano. (Foto: Jailson Soares/ODIA)

Segundo a polícia, o casal passou a noite bebendo e o motivo das agressões é desconhecido. “Não sabemos o motivo da briga, mas ele agrediu a mulher enquanto ela estava com o bebê no colo. Um dos socos pegou na cabeça da criança. Acreditamos que houve traumatismo craniano, pois saiu sangue do nariz”.

A Policia não sabe o motivo das agressões; mulher se encontrava lesionada. (Foto: Divulgação/Whatsapp)

O homem e a mulher foram trazidos para Teresina e encaminhados à Central de Flagrantes para que fossem colhidos os depoimentos. Durante o interrogatório, a mãe da criança, apesar de ser uma das vítimas, tentou encobrir o crime do companheiro. “Ela está lesionada no rosto”, comenta o agente peruano.

O homem já tinha passagem pela polícia e possuía um comércio de bebidas alcoólicas na casa. A polícia está investigando ainda se o acusado vendia drogas no local. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Chico Filho
Edição: Adriana Magalhães

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas