São Raimundo Nonato

Homem que matou namorada com tiro no rosto é condenado a 23 anos de prisão

Jefferson da Silva Oliveira assassinou a namorada Maria Isamara com um tiro no rosto

24/10/2022 12:09h - Atualizado em 24/10/2022 12:18h

Compartilhar no

A Justiça condenou Jefferson da Silva Oliveira, acusado de matar a companheira, Maria Isamara de Sousa Gomes, a 23 anos e 4 meses de prisão pelo crime de homicídio com qualificadora de feminicídio e a cinco meses de detenção pelo crime de constrangimento ilegal praticado contra a namorada. 

Ainda na decisão do juiz Carlos Alberto Bezerra Chagas, o réu também foi condenado ao pagamento de R$ 60.600,00, em favor dos herdeiros necessários da vítima, a título de valor mínimo para reparação dos danos causados pela infração penal. O réu deverá iniciar o cumprimento da pena em regime fechado.

Jefferson da Silva Oliveira assassinou a namorada Maria Isamara com um tiro no rosto (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Entenda o caso

No dia 24 de maio de 2021, Jefferson da Silva Oliveira assassinou a namorada Maria Isamara de Sousa Gomes dentro de um bordel, onde os dois moravam, no centro de São Raimundo Nonato. O homem desferiu um tiro no rosto da vítima.

Consta na denúncia também que, na mesma data, o acusado subtraiu, mediante grave ameaça exercida com emprego de arma de fogo, a motocicleta da vítima C.R.M., crime este que no julgamento foi desclassificado pelo Conselho de Sentença para constrangimento ilegal.

Jefferson fugiu e foi capturado no dia 02 de junho de 2021. Ele já respondia por outros crimes, como roubo, estupro de vulnerável e lesão corporal. O homem tinha saído do sistema prisional há poucos meses, quando começou a se relacionar com Maria Isamara.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Notícias Relacionadas