Neto do Angelim

Conheça a historia do vereador de Teresina Neto do Angelim.

29/10/2020 10:40h - Atualizado em 04/11/2020 10:47h

Compartilhar no

Nascido em Teresina, em 05/11/1977, Manoel Bezerra da Silva Neto, mais conhecido como Neto do Angelim (Progressitas) é o mais velho dos cinco filhos do militar Lourival Bezerra da Silva e da dona de casa Francisca das Chagas. Para o seu primeiro mandato foi eleito com 2262 votos.

Ainda muito jovem Neto se engajou em causas sociais vinculadas a igreja do bairro Promorar, onde morou por muitos anos. Foi catequista, liderou grupos de jovens e ingressou na Polícia Militar do Piauí no ano de 1993.

Ao se casar, mudou-se para o bairro Angelim, e lá começa uma nova história de luta pelas pessoas mais carentes, onde  logo tornou-se um representante da população local. 

Fundou o Conselho Comunitário do bairro Angelim juntamente com um grupo de amigos da região e por meio dessa iniciativa levou benefícios para o bairro, como a Biblioteca Comunitária. De casa de taipa a espaço múltiplo de cidadania, o local transformou a vida de crianças e jovens da região. 


Vereador Neto do Angelim. Foto: Ascom

"No início era uma escolinha de futebol onde resolvemos criar um espaço para os meninos fazerem as tarefas de casa. A ideia deu certo e cresceu. Eu ia atrás de doações, fui criando amizades, e fazendo divulgações na imprensa para conseguir ainda mais livros. hoje temos um acervo de mais de dez mil obras", disse. 

Ao longo desses anos de muito trabalho a frente desse projeto, Neto do Angelim conseguiu estruturar a biblioteca, implantar no local uma estação digital, ofertar cursos para a comunidade, reforço escolar, dentre outros projetos sociais.

A comunidade é a sua bandeira. O seu trabalho incansável em servir a quem realmente precisa o levou ao legislativo teresinense, onde defendeu das questões voltadas à segurança pública, destinou cerca de 1 milhão em emendas parlamentares para obras de calçamento, asfalto, implantação de academias populares, construção de campos de futebol, praça. Levou água para a zona rural e contribuiu para o fortalecimento do movimento comunitário na Capital. Neto do Angelim é a voz das comunidades.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Da Redação

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas