Bertolí­nia

Ministério Público do Trabalho do Piauí apura tentativa de assédio eleitoral em Bertolínia

Segundo a denúncia, o dono de uma fazenda teria impedido o deslocamento dos trabalhadores até seus domicílios eleitorais

29/10/2022 12:45h

Compartilhar no

Às vésperas do segundo turno das eleições 2022, que ocorre neste domingo (30), o Ministério Público do Trabalho no Piauí (MPT-PI) informou que recebeu denúncia referente a uma suposta tentativa de assédio eleitoral envolvendo uma fazenda localizada no município de Bertolínia (distante 402 km de Teresina). Segundo o denunciante, houve uma tentativa de inviabilizar a saída dos trabalhadores que atuam no local para que eles não pudessem se deslocar até seus domicílios eleitorais em tempo hábil para a votação neste domingo.


Leia também: Empresário é multado em Teresina por assédio eleitoral 


De acordo com o MPT-PI, a maioria dos trabalhadores possuem domicílio eleitoral nos estados do Maranhão e Bahia. O Ministério Público do Trabalho requisitou, então, à Polícia Federal que fosse até o local averiguar os fatos apontados. 

(Foto: Antônio Augusto/Ascom-TSE)

Chegando ao local, a equipe do MPT-PI foi informada de que os proprietários já estariam viabilizando veículos que pudessem transportar os trabalhadores até seus domicílios eleitorais, apresentando uma escala de horários de saída dos ônibus. O Ministério Público do Trabalho informou que continuará acompanhando o caso para garantir o direito do trabalhador ao voto e apurar o suposto ilícito trabalhista.

O MPT-PI reitera que possui equipes de plantão para receber denúncias de assédio eleitoral no ambiente de trabalho durante este sábado (29) e domingo (30). As denúncias podem ser feitas pelo aplicativo MPT Pardal, pelo site www.prt22.mpt.mp.br, pelo WhatsApp (86) 99544 7488 e ainda de forma presencial nas PRTs de Teresina e Picos.

Vale lembrar que assédio eleitoral entre patrões e empregados é considerado crime, com pena de até seis meses de detenção, mais multa.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações de MPT-PI

Notícias Relacionadas