Pedro II

Duas mulheres são baleadas em Pedro II; uma delas está grávida de 8 meses

Durante o tiroteio, um homem de 36 anos também foi atingido morreu no bairro Areia Branca. Polícia investiga.

08/09/2022 08:30h

Compartilhar no

Um tiroteio ocorrido na madrugada desta quinta-feira (08) no bairro Areia Branca, em Pedro II, deixou duas mulheres gravemente feridas e um homem morto. Uma delas tem 37 anos e está grávida de oito meses. Ela foi atingida por um disparo no peito. A outra tem 31 anos e foi baleada nas costas. Elas foram socorridas e encaminhadas para o Hospital Regional Josefina Netta.


Leia também: Grave acidente deixa duas pessoas mortas em Pedro II; uma pessoa ficou ferida 


Já o homem, identificado como Antônio Rodrigues de Sousa, 36 anos, foi atingido por vários disparos e morreu no local. A Polícia Militar esteve no bairro Areia para isolar a área e colher mais informações. De acordo com o tenente Dos Santos, a guarnição foi acionada por volta de 2h para atender a uma ocorrência de homicídio. Ao chegarem ao local, os policiais foram informados de que além da vítima fatal, havia mais duas pessoas baleadas que já haviam sido socorridas e levadas para o hospital.


Foto: Divulgação/Portal P2

Ele contou que as duas mulheres que foram baleadas estavam de pé empurrando uma motocicleta com o pneu furado quando foram surpreendidas pelos disparos. Os tiros seriam direcionados para Antônio Rodrigues, que estava passando pelo local no momento. Segundo a PM, ele já tem passagens pela polícia e é conhecido pela alcunha de Chaga.

“Estamos aguardando o IML e a perícia da Polícia Civil. Sabemos que o Chaga teve um confronto há um tempo com uns desafetos e foi baleado na ocasião. As duas mulheres que foram atingidas, uma estava grávida e o estado dela era grave, e a outra também inspirava bastante cuidado. Elas devem ser transferidas para algum hospital de alta complexidade ou em Parnaíba ou em Teresina”, relatou o tenente Dos Santos.

As mulheres não tiveram seus nomes informados pela polícia. Guarnições da 2ª Companhia do 12º BPM fizeram diligências na região à procura dos suspeitos, mas até o momento nenhuma prisão relacionada ao caso foi efetuada.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas