Picos

Homem é condenado a 20 anos de prisão por matar pedreiro com espeto de ferro em Picos

O crime ocorreu em março de 2019

02/08/2022 11:17h - Atualizado em 02/08/2022 11:26h

Compartilhar no

O Tribunal de Justiça do Piauí condenou Jeferson Marcondes da Silva a 20 anos e cinco meses de reclusão por ter assassinado um pedreiro com golpes de espeto de ferro.  O crime ocorreu em março de 2019, no bairro Belo Norte, em Picos. 

Jeferson Marcondes da Silva foi condenado a 20 anos e cinco meses de prisão (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

A sentença foi determinada durante sessão do Tribunal do Júri realizada no Fórum de Picos, onde o réu foi condenado pela prática do crime de homicídio duplamente qualificado por emprego de meio cruel e emboscada

Além disso, o júri definiu também que o regime inicial será fechado para cumprimento da pena.


Entenda o caso

Um homem, de nome Gilmar Marcos de Azevedo, foi assassinado em Picos, a golpes de espeto. O crime aconteceu na noite do dia 20 de março de 2019, e o suspeito, identificado por Jeferson Marcondes da Silva, seria desafeto da vítima, que trabalhava como pedreiro na cidade.

O coronel Edwaldo Viana, comandante do 4º BPM, informou que Jeferson havia sido preso em 01 de fevereiro de 2019 pelo crime de roubo, mas no final do mês já estava solto novamente e teria se envolvido em uma briga com a vítima. Gilmar teria uma dívida pelo uso de drogas com o suspeito e esta seria a terceira vez que Jeferson atentava contra sua vida.

“Eles se encontraram em um bar, se desentenderam, houve uma confusão, o Jefferson então aproveitou o momento para terminar o que já havia tentado com o Gilmar outras duas vezes e o acertou com um golpe de espeto pelas costas. Foram pelo menos duas perfurações”, relatou o coronel Edwaldo.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário