Picos

Região de Picos é beneficiada com o projeto "œOlhar Bem"

Região de Picos é beneficiada com o projeto "œOlhar Bem"

06/10/2015 08:48h

Compartilhar no

A região de Picos recebe em dezembro o projeto “Olhar Bem” que é uma iniciativa da Secretaria Estadual de Saúde em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e tem como finalidade realizar o atendimento de pessoas com catarata.

A catarata é definida como qualquer opacificação do cristalino que atrapalhe a entrada de luz nos olhos, acarretando diminuição da visão. As alterações podem levar desde pequenas distorções visuais até a cegueira.

O programa deve acontecer de 01 a 07 de dezembro e visa realizar o atendimento oftalmológico de cinco mil pessoas e realizar o total de mil e quinhentas cirurgias de catarata. O atendimento será feito pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e a triagem é feita com pessoas com mais de 60 anos.

O projeto irá abranger 52 municípios que fazem parte da região do Vale do Guaribas e Vale do Canindé. De acordo com a diretora da Secretaria de Saúde do Estado, Rosélia Carvalho, existe a possibilidade de incluir mais 24 municípios que pertencem à região do Vale do Sambito.

Para a realização do atendimento será feito um mutirão durante os sete dias com profissionais da saúde para atender as cinco mil pessoas selecionadas pelo programa. Além do tratamento e cirurgia o paciente irá receber óculos e colírio para usar nos 30 primeiros dias após a cirurgia, além de uma avaliação em até 30 dias após o tratamento.

“O programa ‘Olhar Bem’ nasceu da necessidade e da sensibilidade do governador do Estado Wellington Dias e da Secretaria de Saúde de buscar resolver uma demanda reprimida muito grande no que diz respeito ao problema de catarata no nosso estado e a gente avaliando esses números percebeu que havia necessidade de uma tomada de decisão que pudesse estar resolvendo no menor espaço de tempo o problema dessas pessoas e também porque já há muito tempo não tinha sido feito nenhum programa nesse sentido”, explicou Rosélia Carvalho.

O secretário Municipal de Saúde, José Venâncio – o Dudé – comentou que a iniciativa do Estado em realizar esse tipo de tratamento e de forma gratuita é bastante louvável. “Excelente iniciativa, fruto de uma parceria da Secretaria Estadual de Saúde e Municipal, onde nos permite realizar cinco mil consultas em pacientes com catarata. O significado é altíssimo, é uma relevância expressiva para a saúde básica, para a saúde de média e alta complexidade para o público que necessita , é um trabalho mais que concreto que o Estado e município realizam a favor de Picos e de região”, pontuou.

A escolha do local ainda está sendo cogitada, mas há a possibilidade de os atendimentos acontecerem no Centro Diocesano e Treinamento (CTD) ou no PREMEM. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Portal O Povo

Deixe seu comentário