São Raimundo Nonato

São Raimundo: homem assassinado na frente das filhas pode ter sido morto por vingança

João Neto se envolveu em acidente de trânsito onde uma pessoa morreu e polícia investiga se alguém da família da vítima teria contratado executor.

14/09/2022 11:20h - Atualizado em 16/09/2022 12:59h

Compartilhar no

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de vingança no caso do assassinato de João Rodrigues Dias Neto, que foi morto na frente das filhas em São Raimundo Nonato nesta terça-feira (13). Segundo o delegado Marcelo Leal, gerente de policiamento do interior, João se envolveu em um acidente de trânsito em julho passado onde uma pessoa morreu, e nos últimos dias estava recebendo ameaças de morte possivelmente relacionadas a isso.

O delegado destacou que João não teve qualquer culpa no acidente, mas que mesmo assim vinha recebendo as ameaças. A hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) foi totalmente descartada já que nas próprias imagens do homicídio, o autor dos disparos foge em seguida sem levar nada de valor material da vítima. Com relação ao acusado, a polícia informou que se trata possivelmente de um homem conhecido das polícias de São Raimundo Nonato e que a princípio teria sido contratado para tirar a vida de João.


O delegado Marcelo Leal deu detalhes da investigação - Foto: Arquivo O Dia

Quem explica é o delegado Marcelo Leal. “Desde ontem estamos trabalhando para identificar o executor. A informações dão conta de que pode se tratar de um indivíduo conhecido das polícias da cidade. A partir dessas possibilidades, algumas diligências estão sendo realizadas no intuito de captura-lo. A priori, esse sujeito não teria nenhuma ligação com a vítima desse acidente, então possivelmente recebeu alguma recompensa ou pelo menos a promessa de recompensa para executar esse crime de forma tão bárbara e fria”.


A polícia investiga a possibilidade de familiares da vítima do acidente no qual João se envolveu terem alguma participação no crime provavelmente como contratantes do executor.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário