Timon

Polícia investiga suspeitos de atirar contra delegacia em Timon

Para o delegado Cláudio Mendes, do 2°DP, o atentado é uma retaliação a prisão de criminosos na região da Vila do BEC

17/05/2021 16:57h - Atualizado em 17/06/2021 16:32h

Compartilhar no

A Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) investiga um atentado a tiros contra a sede do 2° Distrito Policial (2°DP) de Timon, ocorrido na noite do último sábado (15). Naquela ocasião, a fachada do prédio da instituição foi alvejada por vários disparos de arma de fogo calibre 38, que teriam sido efetuados por três indivíduos. Ninguém ficou ferido.

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

Segundo o delegado Cláudio Mendes, titular do 2°DP, a ação criminosa pode ser uma retaliação à algumas prisões realizadas pela polícia em uma região conhecida como “Rocinha”, no bairro Vila do BEC, comunidade nas proximidades da delegacia. A polícia já trabalha com perfis de possíveis suspeitos e prepara uma resposta contra os criminosos.

“Temos incomodado um poucos os traficantes de uma invasão que tem aqui nessa área. Temos mais ou menos ideia de quem seja o mandante, que fez isso como uma tentativa de intimidação. Mas ele se engana muito, pois se tivéssemos medo de tiro ou de bandidos não trabalharíamos em uma delegacia ou não estaríamos na polícia”, dispara o delegado.

(Foto: Jailson Soares/ODIA)

Mendes, que atuou por cinco anos no combate ao tráfico em São Luís, comenta que ações deste tipo também são uma forma de tentar intimidar o trabalho da polícia. Ele, no entanto, ressalta que a equipe está motivada para enfrentar “mais duramente essa organização que fez isso”. “Vamos utilizar a lei e capturar essas pessoas”, completou.

Compartilhar no
Fonte: Com informações de Francisco Filho, da O Dia TV

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!


Deixe seu comentário