Criptomoedas: As 10 principais moedas digitais do mercado!

Se anteriormente o bitcoin era a mais conhecida e acessível, nos dias atuais os investidores possuem acesso a inúmeras criptomoedas assim como também a blockchains

30/06/2022 17:26h

Compartilhar no

Caso você esteja atento ao mercado financeiro, é certo que já tenha ouvido falar a respeito das famosas criptomoedas. 

Afinal, elas têm se destacado e estão sempre em constante crescente dentro do mercado e também na mídia. Dessa forma, a lista das criptomoedas mais conhecidas só tende aumentar cada vez mais.

Se anteriormente o bitcoin era a mais conhecida e acessível, nos dias atuais os investidores possuem acesso a inúmeras criptomoedas assim como também a blockchains. 

Diante disso, é bom conhecer mais a respeito de cada uma delas, no intuito de aproveitar ótimas oportunidades dentro do mercado financeiro, se porventura for esse o seu objetivo.

O que são as criptomoedas?

De modo geral, uma criptomoeda é um tipo de dinheiro - funcionando da mesma forma que o dinheiro que usamos no dia a dia - mas com essa diferença, elas são completamente digitais. 

Além disso, ela não tem emissão por nenhum órgão brasileiro (como é a situação do real e também do dólar americano, por exemplo).

Para que as criptomoedas servem

As moedas digitais podem ser utilizadas da mesma forma que o dinheiro em espécie em si. 

A saber, as 3 funções mais importantes servirão como jeito de trocar, tornando mais fácil as transações comerciais; reserva da quantia; para preservar o poder de comprar futuramente: e além disso, serve ainda como uma unidade de conta, quando os produtos têm seus preços fixados e o cálculo econômico. realiza-se em função da mesma

Principais criptomoedas do mercado para conhecer

Então, agora que você já conhece mais a respeito das criptomoedas, chegou o seu momento de conhecer as 10 moedas digitais mais conhecidas dentro desse segmento. 

Bitcoin

Sem dúvida, a criptomoeda Bitcoin é considerada uma das moedas virtuais mais conhecidas. Ademais, ela está entre os primeiros sistemas de pagamentos de categoria global descentralizada. 

Além disso, a Bitcoin desenvolveu-se a pouco mais de 15 anos, tendo sua primeira criação no ano de 2008. Ela possui como principal propósito conseguir substituir o dinheiro de papel e dessa forma poder encerrar de uma vez a necessidade da influência de bancos para poder intermediar serviços  financeiros

Ether (ethereum)

Você já ouviu falar sobre a Ether e ethereum? 

A princípio é importante lembrar que as duas são coisas um pouco diferentes. Sendo assim, enquanto uma se refere a sua criptomoeda, a outra consuma se referir a plataforma que dá acesso. 

Portanto, ao contrário do que conhecemos a Bitcoin, não foi criada com exclusividade e única para ser um tipo de moeda digital, o Ether teve seu desenvolvimento para ser considerado como uma categoria de ativo que só serve de pagamento dentro da sua própria plataforma.

XRP

Se você nunca ouviu falar sobre o Ripple, saiba que ele foi criado no ano de 2011 e tem por objetivo exclusivo ser um tipo de cripto ativos no qual consegue oferecer liquidez para todos os bancos e também seus agentes de finanças. 

Dessa forma, isso é o mesmo que dizer que ela trabalha como uma categoria de rede mundial de liquidação. 

Além disso, vale mencionar também que mais de 100 empresas financeiras conseguiram adotar a plataforma para fazer suas operações de maneira mais ágil, mais segura e também mais acessível.

Litecoin 

Mesmo não sendo tão conhecida, precisamos também falar sobre ela. O litecoin desenvolveu-se na época de 2011 pelo ex- fundador do Google. 

No entanto, ele possui muitas características que se assemelham muito ao Bitcoin. Entretanto, sua principal diferença se encontra no processo de mineração. Afinal qualquer tipo de indivíduo consegue participar do processamento de desenvolver novos litecoins, porque o procedimento desenvolveu-se com o intuito de tornar-se mais simples e fácil do que comparado com outras criptomoedas

EOS

Do mesmo modo que é o ethereum, o EOS se tornou um tipo de plataforma que é exclusivamente da sua própria criptomoeda. 

Sendo assim teve seu desenvolvimento logo 2018 pelos seus criadores Brendan Blumer e Dan Larimer, e tem como objetivo de ser um sistema para desenvolver aplicativos descentralizados, no qual são mais conhecidos como dApps

Binance Coin

Antes de saber mais sobre a Binance Coin, é fundamental que você entenda o conceito de exchange. São empresas que se responsabilizam por fazer o intermédio de relações entre os compradores e vendedores das moedas virtuais 

Cardano

O cardano teve sua fundação no ano de 2015 pelo co-fundador de ethereum, Charles Hoskinson. A saber, essa plataforma expõe um projeto muito ambicioso. O que busca fazer é juntar as melhores funções e características de cada criptomoeda que existe ao redor do mundo.

Stellar lumens

A Stellar lumens é a moeda digital da  Stellar, que trata-se de uma rede de código aberto, fundada no ano de 2014 por um membro desenvolvedor do Ripple, Jed McCaleb. 

A princípio o intuito do projeto era ser uma ponte de criptomoedas e dinheiro em espécie. Na prática, ela possibilita que os indivíduos recebam e enviem dinheiro de forma rápida, o mínimo de custo e um exchange de um modo descentralizado.

Link (chainlink)

Chainlink é uma rede nesse segmento de blockchain que busca facilitar a utilização de 

contratos inteligentes dentre as demais plataformas. A saber, a tua criptomoedas chama-se de link, mas também é famosa pelo seu nome.

NEO

NEO é mais um projeto de moedas digitais de código aberto que usa tecnologia blockchains e contratos inteligentes. O intuito aqui é deixar no automático o controle dos ativos digitais. Com isso, ele cria a conhecida economia inteligente.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário