Covid-19: aplicação da dose reforço para adolescentes inicia nesta segunda (30)

A recomendação do MInistério da Saúde é aplicar, preferencialmente, a vacina da Pfizer, quatro meses após a segunda dose

28/05/2022 10:27h - Atualizado em 28/05/2022 13:33h

Compartilhar no

Em nota técnica divulgada nesta sexta-feira (27), o Ministério da Saúde recomenda a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid para adolescentes de 12 a 17 anos. Segundo a pasta, a terceira dose deve ser aplicada quatro meses após a segunda, preferencialmente com a vacina da Pfizer. Diante disso, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) passa a receber este novo público a partir de segunda-feira (30) em seis pontos de vacinação por toda a cidade.

(Foto: Assis Fernandes/ODIA)

A vacinação ocorrerá no Teresina Shopping (edifício Garagem – estacionamento do G3) e nos cinco drive thrus já disponibilizados pela FMS: Terminais do Parque Piauí, Zoobotânico, Livramento, Buenos Aires e CEU Norte. O horário de funcionamento é das 9h às 17h, exceto para o CEU Norte que funciona das 9h às 12h.

Para receber a vacina é necessário apresentar um documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS e o cartão de vacina. Os adolescentes devem estar acompanhados dos pais ou responsáveis, manifestando sua concordância com a vacinação.

Programação de vacinação – 30 de maio a 3 de junho

Drive Thru

Locais: Terminal Parque Piauí, Terminal Zoobotânico, Terminal Livramento, Terminal Buenos Aires, CEU Norte (somente de 9h às 12h), Teresina Shopping (edifício Garagem – estacionamento do G3)

– 1ª Dose (12 anos e mais)
– 2ª Dose (12 anos e mais)
– 1º Reforço (12 anos e mais)
– 2º Reforço (18 anos e mais)
– Gripe (Grupos Prioritários)

UBS

Locais: UBS Buenos Aires, UBS Parque Brasil, UBS Saci, UBS Monte Castelo, UBS Irmã Dulce, UBS Cidade Jardim, UBS Satélite, UBS Alto da Ressurreição, UBS Parque Poti

– Covid 1ª e 2ª dose – crianças de 5 a 11 anos

Demais UBS

– Gripe (grupos prioritários)
– Sarampo (crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade, trabalhadores da saúde – atualização da caderneta)

O Ministério afirma que o atual momento, “enfatiza-se a importância da vacinação completa uma vez que existe uma tendência a redução da efetividade das vacinas contra a Covid-19 com o passar do tempo, e por isso, deve-se utilizar os imunizantes disponíveis no país para garantir doses de reforço para todos os indivíduos elegíveis”.

Nos adolescentes imunocomprometidos, apenas a vacina da Pfizer deve ser utilizada. Jovens gestantes ou puérperas devem receber o imunizante da Pfizer como prioridade e, alternativamente, a Coronavac.



É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da FMS e Folha de SP

Deixe seu comentário