Morre o cantor Erasmo Carlos, aos 81 anos, no Rio de Janeiro

Um dos pioneiros do rock brasileiro, Erasmo Carlos deixa saudade e um grande legado

22/11/2022 14:05h - Atualizado em 22/11/2022 14:31h

Compartilhar no

Grande cantor e compositor brasileiro, Erasmo Carlos morreu nesta terça-feira (22), aos 81 anos. O artista teve complicações de saúde em outubro e recebeu alta no início do mês de novembro após ficar internado por nove dias. No entanto, na segunda-feira (21) voltou ao hospital  e não resistiu. A informação foi confirmada pela família e a causa da sua morte ainda não foi revelada. 

(Foto: Reprodução/Gustavo Garbino)

Nascido em 5 de junho de 1941 no Rio de Janeiro, o "Tremendão", como era chamado, cresceu apaixonado pela Bossa Nova e pelo Rock. Chegou a aprender a tocar violão com Tim Maia e, posteriormente, em 1957, fez parte de um grupo com Tim e Roberto Carlos. Juntos, eles formaram o “The Sputniks”, mas a banda não durou muito e foi desfeita após uma briga entre os integrantes. No mesmo período, Erasmo e Roberto firmaram uma grande parceria e lançaram diversas músicas juntos. 

Considerado um dos pioneiros do rock brasileiro e um dos principais líderes do movimento cultural Jovem Guarda, Erasmo Carlos é dono de mais de 500 sucessos que marcam gerações, como “Além do Horizonte”, “É Preciso Saber Viver” e o “O Bom”.

Um de seus trabalhos de maior sucesso foi o 'Erasmo Convida', disco em que gravou com grandes nomes da MPB como Nara Leão, Maria Bethânia, Gal Costa, Gilberto Gil, Rita Lee, Tim Maia, Jorge Ben e vários outros artistas. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário