Pelé está com infecção respiratória, segundo boletim médico

O Rei do Futebol trata um tumor de cólon e encontra-se internado para "reavaliação da terapia quimioterápica".

03/12/2022 13:51h

Compartilhar no

Internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde a última terça-feira (29), o ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, está com infecção respiratória. Segundo boletim médico divulgado nesta sexta-feira (2), o Rei do Futebol, que trata um tumor de cólon, está estável, com "melhora geral no estado de saúde" e sendo tratado com antibióticos, cuja resposta foi "adequada". Ainda não há previsão de alta.

A retirada do tumor ocorreu em 4 de setembro do ano passado. Desde então, Pelé é submetido a um tratamento de quimioterapia, que requer idas regulares ao hospital. De acordo com o boletim médico desta sexta-feira, a nova internação do Atleta do Século se deu para "reavaliação da terapia quimioterápica".

(Foto: Reprodução/Instagram)

Ainda conforme as informações do hospital, Pelé está em "quarto comum" e seguirá internado para "continuidade do tratamento". A nota médica é assinada pelo geriatra e endocrinologista Fabio Nasri, pelo oncologista Rene Gansi e pelo diretor-superintendente do Albert Einstein, Miguel Cendoroglo.

Na noite de ontem (1º) Pelé agradeceu as mensagens de apoio que tem recebido. Conforme publicação em uma rede social, o ex-jogador de futebol, disse que está no hospital fazendo sua visita mensal e que é sempre bom receber mensagens positivas. “Obrigado ao Catar por essa homenagem, e a todos que me enviam boas energias”, disse em referência a uma mensagem de melhoras que foi projetada em um prédio no Catar, país que sedia a atual Copa do Mundo de futebol.

Também nesta quinta-feira o técnico da seleção brasileira, Tite, expressou o seu desejo de que Pelé, de 82 anos, se recupere logo. “Nós todos queremos desejar muita saúde ao Pelé. Nosso representante maior extraterrestre, que é terrestre”, afirmou Tite.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Agência Brasil