Setembro deve continuar com bandeira verde na energia elétrica, garante Aneel

Bandeira verde é acionada pelo quinto mês consecutivo para todos os consumidores brasileiros.

02/09/2022 10:15h

Compartilhar no

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou a permanência do acionamento da bandeira verde para o mês de setembro. Essa sinalização reflete as condições favoráveis de geração de energia elétrica sem cobrança adicional nas contas de luz, mesmo considerando previsão de crescimento do consumo de energia no país nessa época do ano.

A bandeira será válida para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional. No Piauí, o mês de setembro marca o início do B-R-O BRÓ, um dos períodos de maior consumo de energia elétrica. Dados recentes da Equatorial Piauí mostram que o consumo de energia elétrica no B-R-O-Bró corresponde a 36% do consumo total de energia do ano .

(Foto: Marcelo Casal/Agência Brasil)

Entenda o sistema de bandeiras tarifárias

Criadas em 2015 pela Aneel, as bandeiras tarifárias refletem os custos variáveis da geração de energia elétrica. Divididas em níveis, as bandeiras indicam quanto está custando para o SIN gerar a energia usada nas casas, em estabelecimentos comerciais e nas indústrias. Isso possibilita aos consumidores o uso consciente da energia elétrica, especialmente quando as condições de geração não são favoráveis.

As bandeiras permitem ao consumidor se programar. Antes, o consumidor não sabia que a energia estava mais cara. Agora ele pode conferir e se programar. Se a bandeira está vermelha, ele sabe que é conveniente economizar, ter um consumo mais consciente e evitar o desperdício de energia.

Confira os valores das bandeiras tarifárias em vigor no Brasil:

Bandeira verde: sem cobrança adicional;

Bandeira amarela: +59,5%, de R$ 1,874 para R$ 2,989 por megawatt-hora (MWh);

Bandeira vermelha patamar 1: +63,7%, de R$ 3,971 para R$ 6,500 por megawatt-hora (MWh);

Bandeira vermelha patamar 2: +3,2%, de R$ 9,492 para R$ 9,795 por megawatt-hora (MWh).

Desde 16 de abril, vigora no Brasil a bandeira verde, quando foi antecipado o fim da bandeira de escassez hídrica. Segundo o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), a bandeira verde será mantida até dezembro, por causa da recuperação dos níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas no início do ano.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações da Aneel