Nazária

Nazária: mães pularam no rio para tentarem salvar filhos e foram resgatadas por pescador

Após perceber que uma das crianças estava se afogando, um a um os membros da família foram pulando para tentar salvar. Prefeitura decretou luto de cinco dias.

29/08/2022 09:56h - Atualizado em 29/08/2022 12:22h

Compartilhar no

As mães das crianças que desapareceram nas águas Parnaíba neste domingo (29) em Nazária chegaram a pular no rio para tentarem salvar os filhos. A informação foi confirmada pelo prefeito da cidade, Oswaldo Bonfim. Ele contou que assim que perceberam que uma das crianças estava se afogando, os membros da família começaram um a um a pular no rio para tentar resgatá-lo.

As famílias estavam em um momento de lazer na coroa do rio quando a tragédia aconteceu. “No final do dia, perceberam que uma das crianças estavam se afogando. As outras crianças e os demais adultos foram pulando no intuito de salvar aquele que estava se afogando, mas não conseguiram. Um pescador tirou alguns com a ajuda de um tarrafo e uma das mães conseguiu boiar. Mas infelizmente as crianças foram afogadas”, relatou Oswaldo Bonfim.

(Foto: Assis Fernandes / O DIA)

O Corpo de Bombeiros segue nas buscas pelos desaparecidos. Até o momento, somente uma criança foi encontrada: trata-se de um menino de 8 anos identificado como Marcos Vinícius Sales Santos . Seguem desaparecidos: Eduarda Kemylly da Conceição Silva, 9 anos; Ana Ketlelly da Conceição Silva, 11 anos; Vitória Emanuelle Sales Santos, 13 anos e José da Cruz Alves, 16 anos. Além dos bombeiros, a população de Nazária e equipes da própria Prefeitura estão dando apoio nas buscas. 

Em razão da tragédia, o prefeito Oswaldo Bonfim decretou luto oficial de cinco dias em Nazária e suspendeu no dia de hoje as aulas nas escolas municipais. É que as crianças que estão desaparecidas eram todas estudantes das escolas do Município. O prefeito disse ainda que todas as secretarias foram colocadas à disposição das famílias para prestar assistência alimentar e funerária.

(Foto: Assis Fernandes / O DIA)

“Hoje é um dia diferente no nosso município. Estamos com a Secretaria de Assistência Social dando apoio desde a alimentação até a questão das urnas funerárias e transporte dos corpos. O que as famílias precisarem, estamos nos colocando à disposição assim como toda a população de Nazária. Estamos aqui como servidores públicos e como pessoas também”, finaliza o prefeito.

A Prefeitura de Nazária fez um alerta para que as pessoas evitem tomar banho de rio em locais onde se sabe que a correnteza está forte e que pode representar perigo. O poder público pede que a população fique atenta, porque o fato de o Parnaíba estar com o nível mais baixo por conta da falta de chuva não significa que oferece menos risco.

O Corpo de Bombeiros informou que está atuando nas buscas com dois mergulhadores e que há mais uma embarcação a caminho de Nazária para reforçar as equipes e a área de cobertura dos trabalhos. Segundo o coronel José Veloso, porta-voz da Corporação, o objetivo é encontrar todos os corpos até o final da tarde.


(Foto: André dos Santos / O DIA)

“O Parnaíba é muito largo, a correnteza é forte, ele é um rio de correnteza. Nós temos ainda um remanescente do período chuvoso uma característica que está sendo muito relatada é que o local é muito fundo. Por causa dessa correnteza e da profundida, quanto mais tempo passa, mais difícil fica a localização”, explicou o coronel Veloso.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas