Piripiri

Polícias Civil e Militar em Piripiri deflagram a "Operação castelo alto"

Ao final, seis pessoas foram presas, inclusive um indivíduo apontado como sendo chefe de um dos grupos de tráfico no litoral do Estado do Piauí.

25/01/2022 19:22h - Atualizado em 25/01/2022 19:43h

Compartilhar no

Ao final, seis pessoas foram presas, armas de fogo, drogas, balança de precisão e dinheiro foram apreendidos. Um veículo furtado no litoral foi recuperado e um indivíduo para o qual havia mandado de prisão também foi preso no local.

As Polícias Civil e Militar de Piripiri deflagraram no início da manhã de hoje, 25.01.2022, uma operação conjunta visando o cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar e prisão preventiva de suspeitos de prática de crimes de tentativa de homicídio e outros na cidade.

Os mandados foram obtidos após investigações da Polícia Civil de Piripiri/PI e cumpridos no bairro Floresta, em um imóvel residencial que as investigações apontavam como se tratando de local de venda de drogas e esconderijo para autores de delitos de homicídio e tentativa de homicídio ocorridos na cidade.

“Nosso principal alvo era um indivíduo apontado como autor de duas tentativas de homicídio e suspeito de participar de outro delito de homicídio na cidade. Durante o cumprimento do mandado de busca domiciliar verificamos que a residência alvo tinha o quintal conjugado, através de um portão, com uma outra residência vizinha na qual havia situação de visível flagrante de delitos de furto de energia e também contra as relações de consumo (abate irregular de animais) onde um animal bovino fora encontrado inteiro abatido no quintal, justificando também a ação policial em referido imóvel com acionamento de técnicos da empresa equatorial e da vigilância sanitária do município que constataram as irregularidades. Posteriormente neste segundo imóvel outros crimes também foram constatados.” Afirma o Delegado Regional Dr. Jorge Terceiro.

Ao final, seis pessoas foram presas, inclusive um indivíduo apontado como sendo chefe de um dos grupos de tráfico no litoral do Estado do Piauí. 

No momento da chegada das equipes policiais e do anúncio do cumprimento dos mandados os indivíduos tentaram se evadir pelos fundos, transitando entre os quintais das residências mas todo o local estava cercado. 

"Na primeira residência encontramos dois indivíduos na posse de arma de fogo, munições e drogas. No segundo imóvel localizamos mais dois casais em cujos quartos foram encontrados uma arma de fogo, dinheiro, muitas munições e balança de precisão, também nesta casa estava um veículo com restrição de furto em Parnaíba/PI." Afirmou o Delegado do 2° Distrito, Dr. Ricardo Oliveira. 

Um dos indivíduos presos em flagrante era também o alvo do mandado de prisão preventiva, já outro deles é apontado em investigações como sendo um dos chefes do tráfico no litoral do Estado do Piauí. Todos foram conduzidos para a sede da Delegacia Regional visando a realização do procedimento cabível.

O indivíduo preso por mandado de prisão preventiva será transferido logo que possível ao sistema prisional do Estado do Piauí, assim como os demais autuados após comunicação e homologação do flagrante pelo Poder Judiciário.

O nome da operação, Castelo Alto, foi dado em razão dos imóveis objeto da ação policial de busca e captura serem considerados inexpugnáveis, possuindo altos muros e cerca elétrica por todo o perímetro, assim como cães da raça pitbull, reforços interno nas portas e portões e os informes apontarem a presença de indivíduos fortemente armados para proteção dos locais contra outros grupos rivais na disputa por espaços de tráfico de drogas na cidade.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário