Timon

Cabeleireiro e adolescente de 13 anos são encontrados mortos em sítio em Timon

Segundo a família, os dois estavam bebendo no local, quando foram assassinados.

02/08/2022 15:55h - Atualizado em 02/08/2022 16:12h

Compartilhar no

O cabeleireiro Adriano Pereira da Silva, de 34 anos, e um adolescente de 13 anos, foram encontrados mortos em um sítio na localidade Cabeceira da Índia, zona Rural da cidade de Timon, região da Grande Teresina. As vítimas foram executadas com tiros na cabeça, na região da nuca. Segundo informações do irmão de Adriano, André da Silva, os dois corpos foram encontrados nesta terça-feira (02), mas a suspeita é de que as vítimas tenham sido mortas durante a madrugada de segunda-feira (1º).


Leia também: Idosa morre após sacar de carro em acidente na BR 316, em Timon 


Foto: Arquivo Pessoal

"Não levaram nada, a moto dele estava lá. Meu irmão tinha uma pistola e a pistola ainda estava na cintura dele. Quando alguém tenta se matar, não atira na nuca e guarda a arma na cintura. Ele nunca chegou a relatar que foi ameaçado por ninguém, acho que ele nunca teve problema com ninguém", disse o irmão. 

Foto: Jailson Soares/O Dia

Na manhã de hoje, os corpos foram encontrados em um sítio que é de propriedade de Adriano. O corpo do cabeleireiro foi encontrado na sala do imóvel e o adolescente foi encontrado na garagem. Segundo a família, os dois estavam bebendo no local, quando foram assassinados. "Minha irmã sempre conversa com ele [Adriano] e no domingo ela conversou com ele. Ele tinha passado um mês sem beber e ela mandou mensagem perguntando se ele estava bebendo, e ele sorriu", conta.

Segundo a mãe do adolescente, Cleidiane Maria, ela e o filho moram na localidade da zona Rural onde os corpos foram encontrados. A mãe relata que saiu de casa para fazer exames médicos e dormiu na casa de familiares. O jovem havia ficado em casa. "Ele era um ótimo menino, estudava. Estou querendo saber o que aconteceu, estou sem saber de nada. Eu dormi na casa da minha mãe e ele estava em casa", disse a mãe muito abalada.

Foto: Jailson Soares/O Dia

Até o momento não há informações sobre a identidade dos autores ou a motivação do crime. Os corpos das vítimas foram recolhidos e encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML). As investigações sobre o caso deverão ficar a cargo da Delegacia de Homicídios de Timon.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Edição: Com informações de Chico Filho.

Deixe seu comentário


Notícias Relacionadas