Políticos do Piauí lamentam a morte de Florisa Silva, viúva de Alberto Silva

Ex-primeira-dama faleceu aos 100 anos, em Parnaíba

08/05/2022 13:46h - Atualizado em 08/05/2022 14:04h

Compartilhar no

Políticos do Piauí lamentaram, por meio das redes sociais, o falecimento de Florisa Silva, viúva do ex-Governador do Piauí, Alberto Silva. Ela morreu em Parnaíba, de causas naturais. Parlamentares, como o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Deputado Themístocles Filho e o ex-Governador Wellington Dias postaram homenagens a Dona Florisa.

O presidente da Alepi recordou a importância de Florisa para a área do “serviço social e na assistência aos mais pobres, quando foi primeira dama” Wellington afirmou em post que ela “foi uma mulher de especial e de grande valor”. Rafael Fonteles falou da morte de Florisa na véspera do dia das Mães.

(Foto: Reprodução/Rede Sociais)

“E na véspera de uma data tão especial, como o dia das mães, foi ao encontro de Deus um grande exemplo de mulher e mãe. Primeira-dama por duas vezes, Dona Florisa Silva comandou o serviço social nos governos de Alberto Silva”. Dona Florisa, como era carinhosamente conhecida, morreu de causas naturais em sua residência, em Parnaíba.

Sobre a ex-Primeira Dama

Florisa foi Primeira-dama do Piauí por duas vezes, entre 1971 e 1975, e entre 1987 e 1991. Florisa foi presidente do Serviço Social do estado e atuou na área durante os governos de Alberto Silva. Com o ex-governador Dona Florisa teve sete filhos, quatro homens e três mulheres. O sepultamento ocorre neste domingo, no cemitério da Igualdade, onde o ex-governador Alberto Silva também foi sepultado. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no