Após Ciro Gomes, PDT do Piauí declara apoio a Lula no segundo turno

O anúncio foi feito ao governador eleito Rafael Fonteles (PT)

05/10/2022 08:09h - Atualizado em 05/10/2022 08:15h

Compartilhar no

O PDT do Piauí declarou no fim da última terça(04) apoio à candidatura de Lula (PT) no 2° turno das eleições presidenciais. O anúncio foi feito ao governador eleito Rafael Fonteles (PT), pelo presidente do partido no Estado, vereador Evandro Hidd, e os vereadores Enzo Samuel, presidente eleito da Câmara Municipal, e Alan Brandão

A adesão no Piauí segue decisão da Executiva Nacional do partido, que anunciou na manhã desta terça-feira o apoio a Lula. Para Rafael, a adesão do PDT reforça a campanha de Lula no Piauí para a eleição do dia 30 de outubro. Lula teve 74,25% dos votos válidos no Piauí.

“Vamos trabalhar para ultrapassar os 80% dos votos válidos no Estado. Vamos conversar com todos que não votaram em Lula para virar o voto e com os que votaram para não deixarem de comparecer às urnas, pois a eleição presidencial é a que mais importa e mais afeta a vida de todos os brasileiros. O Piauí fará mais uma vez a diferença no cenário nacional”, disse Rafael.

Evandro Hidd disse acreditar que a decisão de apoiar Lula é a mais correta. “Tivemos uma reunião hoje com a Executiva Nacional do partido e estamos seguindo a orientação, acreditando que temos que acabar com esse desgoverno que está no nosso país. Vamos juntos, rumo à vitória”, pontuou o presidente do PDT estadual.

FOTO: Ascom Rafael Fonteles

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário