Após ameaça de expulsão, vereadora Teresinha Medeiros chama Luís André de “grosseiro”

Teresinha foi uma das parlamentares que estiveram no sítio de Jeová Alencar e declararam apoio à chapa de Fonteles e Themístocles Filho.

10/02/2022 09:15h

Compartilhar no

O clima continua quente nos bastidores do PSL em Teresina. Após o vereador Luís André revelar que o partido poderia expulsar Teresinha Medeiros por apoiar o candidato petista Rafael Fonteles , a parlamentar se manifestou e contra-atacou duramente a posição da sigla no estado. Teresinha foi uma das parlamentares que estiveram no sítio de Jeová Alencar com um grupo de 12 vereadores que declararam apoio à chapa de Fonteles e Themístocles Filho.

Indignada, Teresinha reprovou o posicionamento de Luís André e do PSL e se declarou livre para seguir seu caminho político. “Acho muito precipitada, inconveniente, sem propósito, porque o partido nunca se reuniu. Lamento a falta de respeito desse membro, se é que ele tem autonomia para fazê-lo, porque acho sem propósito, desconfortável e lamentavelmente muito grosseiro, não é assim que se trata partidariamente, porque ninguém é de ninguém”, criticou a vereadora.

A parlamentar ainda criticou a forma como o partido estaria sendo conduzido no Piauí e lamentou o afastamento dos membros das decisões da legenda. “A gente não tem reunião, não é informada de nada. Então, é preciso que o partido venha formalizar, dizer o que o partido quer, para que possamos ter direcionamento, porque hoje não tem”, concluiu. 

FOTO: Assis Fernandes/ODIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário