Bolsonaro anuncia mais de R$10 milhões para obras de saneamento no Piauí

Os recursos serão destinados à ampliação do sistema de esgotamento sanitário do município de Floriano

25/03/2022 08:14h

Compartilhar no

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai repassar mais de R$ 10 milhões para a continuidade de obra de saneamento no estado do Piauí. Os recursos serão destinados à ampliação do sistema de esgotamento sanitário do município de Floriano. O aporte será feito por meio de um Termo de Execução Descentralizada (TED) firmado com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

“Nós sabemos o benefício que o tratamento de água, de esgotos, a canalização adequada dos córregos propicia às cidades. Então, estamos fazendo todo o esforço para que não haja nenhuma interrupção do cronograma físico-financeiro dessas obras”, destaca o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. “Esperamos brevemente concluir essas estruturas e que elas sirvam à população”, completa.

Além dos recursos para o Piauí, o MDR anunciou repasses para a continuidade de obras de saneamento e abastecimento de água em outros seis estados brasileiros. Também foram beneficiados municípios da Bahia, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. No total, quase R$ 18 milhões serão investidos pelo Governo Federal.

FOTO: Ascom Casa Civil

Novo Marco Legal

Com a sanção do novo Marco Legal do Saneamento, que completará dois anos em julho, o Governo Federal tem como objetivo alcançar a universalização dos serviços de saneamento básico até 2033, garantindo que 99% da população brasileira tenha acesso à água potável e 90% ao tratamento e à coleta de esgoto.

Investimentos

Desde janeiro deste ano, já foram empenhados R$ 204,4 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) e repassados R$ 139,5 milhões para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 167,0 milhões foram pagos para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor -- contratos ativos e empreendimentos em execução ou ainda não iniciados -- é de 1.090 empreendimentos, somando um total de R$ 41,7 bilhões, sendo R$ 24,7 bilhões de financiamentos e R$ 17,0 bilhões de Orçamento Geral da União.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações Ascom MDR

Deixe seu comentário