Deputados destinarão R$ 5 milhões em emenda de bancada para o Hospital São Marcos

Também serão destinados mais R$ 2,5 milhões para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

23/11/2022 08:12h

Compartilhar no

Atendendo proposição do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Themístocles Filho (MDB), serão apresentadas duas emendas de bancada repassando no Orçamento do próximo ano cerca de R$ 5 milhões para o aparelhamento e manutenção do Hospital São Marcos e também mais R$ 2,5 milhões para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi). 

O Hospital São Marcos enfrenta uma grave crise desde fevereiro de 2021 quando a Prefeitura de Teresina não entrou em acordo com a Associação Piauiense de Combate ao Câncer Alcenor Almeida (APCCAA), mantenedora do Hospital São Marcos (HSM). 

Também deve ser apresentada uma emenda de bancada proposta pelo deputado Francisco Limma (PT) para a instalação de kits de energia solar beneficiando pequenos pisciculores e irrigantes que já recebem subsídios do governo estadual cujos lotes sejam de até quatro módulos fiscais.

“O Estado paga atualmente cerca de R$ 25 milhões das contas de energia elétrica desses produtores. Se nós destinarmos R$ 5 milhões este anos, mais R$ 5 milhões no próximo anos nós vamos terminar zerando esse subsídio. Vamos reduzir esse gasto e aplicar em outras necessidades”, disse Limma.

FOTO: Thiago Amaral / Ascom Alepi

O deputado estadual Evaldo Gomes (Solidariedade) também aproveitou a ocasião para sugerir uma emenda de bancada que possa oferecer recursos para o aparelhamento da Segurança Pública. Ele disse que o governador eleito Rafael Fonteles acertou ao escolher o advogado Chico Lucas como futuro gestor da pasta, mas ele precisará de recursos para administrar o setor. “A segurança é o maior problema do Piauí e para resolver isso é necessário ter recursos”, resumiu.

O deputado estadual Warton Lacerda (PT) também propôs uma emenda para ajudar o esporte piauiense, com os recursos sendo aplicados na reforma do gramado, dos vestiários, placar eletrônico e demais instalações do Estádio Albertão. “Nós temos uma equipe na série C do campeonato brasileiro e não temos onde jogar. Eu sou o defensor do futebol nessa Casa e vou trabalhar por recursos para o nossa equipe”, disse ele.

Criação de cargos

O plenário da Assembleia também aprovou, na última terça(22), os Projetos de Lei Complementar 08/22 do Poder Judiciário e 51/22 do Poder Executivo que tratam sobre a criação e extinção de cargos na estrutura administrativa do Tribunal de Justiça do Estado e sobre a consolidação do Proaja (Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos) como política pública de erradicação do analfabetismo no Piauí.

De acordo com o Projeto de Lei 08/22, o Tribunal de Justiça passará a contar com novos cargos efetivos, dentre eles, dois de fonoaudiólogo e um de médico. Também, serão criados cargos em comissões e de funções de confiança.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com Informações Ascom Alepi

Deixe seu comentário