Eleições 2022: Nove vereadores de Teresina devem se candidatar: Jeová não teme prejuízo

A tendência é o esvaziamento da casa e dificuldades na apreciação de projetos importantes para o município.

27/12/2021 09:47h - Atualizado em 27/12/2021 09:59h

Compartilhar no

O ano de 2022 promete ser complicado na Câmara Municipal de Teresina. Em meio a uma grave crise na gestão da capital, com  problemas enfrentados pelo prefeito Dr. Pessoa, cerca de nove, dos 29 vereadores, devem se candidatar a cargos eletivos no próximo ano. Com campanhas estaduais e federais para desenvolver, a tendência é o esvaziamento da casa e dificuldades na apreciação de projetos importantes para o município.

Além do presidente da casa Jeová Alencar (MDB) e do líder de governo, Renato Berger  (PSD), deve disputar uma vaga para a Assembleia Legislativa do Piauí o vereador Dudu (PT). Para deputado federal, Evandro Hiid (PDT), Fernanda Gomes (Solidariedade), Luís André (PSL), Leonaro Eulálio (PL), Thanadra Sarapatinhas (Sem Partido) e Markim Costa (Sem Partido) devem se candidatar.

Para Jeová Alencar o ano eleitoral não irá dificultar o andamento dos trabalhos na casa. Mesmo em uma campanha estadualizada os parlamentares prometem assiduidade nas sessões da Câmara.

“ Será um ano de desafios, embora seja um ano eleitoral, será um ano de muito trabalho aqui no parlamento, não tenho nenhuma dúvida. Acredito que estamos saindo do período mais forte da pandemia, é preciso encarar a realidade e buscar melhorias para aqueles que mais precisam do poder público. Seja na formatação de projetos ou fazendo emendas. Essa casa, os vinte e nove vereadores, estão unidos trabalhando para que a gente possa contribuir com a nossa cidade. Não acredito que o ano eleitoral atrapalhará o desenvolvimento dos trabalhos aqui na casa”, finalizou. 

FOTO: Assis Fernandes/ODIA

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário