Fábio Abreu cobra chapa mais competitiva para se filiar ao PSD

De acordo com os números da última eleição, seriam necessários mais de 300 mil votos para manter os dois parlamentares na Câmara Federal.

20/01/2022 12:13h

Compartilhar no

O Deputado Federal, Fábio Abreu (PL), revelou que precisa de uma chapa mais competitiva para se filiar ao PSD.  A cobrança é um dos requisitos apresentados pelo parlamentar para acertar a ida para a nova sigla. Abreu sairá do PL com a abertura da janela partidária  e discute com PSD, PSB e o próprio MDB o seu futuro. Na última quinta (13) o parlamentar se reuniu com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, e apresentou as suas exigências para ir ao novo partido. 

O político explicou que apenas a sua candidatura e a do deputado federal Júlio César não seriam suficientes para atingir o quociente eleitoral. De acordo com os números da última eleição, seriam necessários mais de 300 mil votos para manter os dois parlamentares na Câmara Federal. Juntos Abreu e Júlio César somaram 242 mil votos em 2018.

O deputado explicou as suas contas e cobrou a chegada de mais pré-candidatos. “O PL agora são águas passadas, página virada. Uma das condições para eu ir para o PSD é ter uma chapa mais competitiva. Apenas dois nomes com competitividade e potencial de voto não podem fazer duas vagas, isso a gente, lógico, tem que levar em consideração. Temos que ter pré-candidatos e candidatas que possam fortalecer essa soma de votos”, finalizou Fábio Abreu.

Vagas para as mulheres

O parlamentar ainda ressaltou a necessidade de atrair mulheres para serem candidatas. De acordo com a legislação, das onze candidaturas de cada partido para deputado federal, no mínimo quatro devem ser reservadas as mulheres. “Estamos buscando acordos, já tem um entendimento com relação a nomes com votação na faixa de 40 e 50 mil, votos para compor o PSD, precisamos também de nomes de mulheres por que há a obrigatoriedade das candidaturas femininas”, concluiu o político. 

FOTO: Tarcio Cruz

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário