Fábio Abreu demonstra preocupação com fake News nas eleições no Piauí

Fábio Abreu lembrou que foi vítima de uma campanha difamatória durante a disputa pela Prefeitura de Teresina em 2020

12/07/2022 16:06h - Atualizado em 12/07/2022 16:30h

Compartilhar no

O pré-candidato a deputado federal Fábio Abreu (PSD) afirmou nesta terça-feira (12/07) durante entrevista ao programa O Dia News, da O Dia Tv, que está preocupado com as notícias falsas que já são divulgadas no pleito eleitoral no Piauí. Ele analisa que as fake News começaram em uma proporção muito maior que a eleição passada.

“Estamos observando em uma proporção muito maior. Está acontecendo demais. Observamos um alto nível de desinformação, embora o TSE faça uma força grande. É como se nada em termo de punição e rigor tivesse sendo observado por quem faz a fake News’, disse o deputado federal.

Foto: Jailson Soares / O Dia 

Fábio Abreu lembrou que foi vítima de uma campanha difamatória durante a disputa pela Prefeitura de Teresina em 2020, quanto terminou em 5º lugar. “Tenho experiência própria do que é ser vítima de fake News. A campanha para a prefeitura de Teresina foi difamatória. Quer saber como é ser atacado de forma leviana, não verdadeira, pode me perguntar’, disse.

Sessão Solene

Fábio Abreu preside nesta quarta-feira (13/070 uma Sessão Solene no plenário Ulisses Guimarães, na Câmara Federal, em homenagem ao Dia Mundial do TDAH. Ele é autor de um Projeto de Lei que amplia as políticas públicas para pessoas com Autismo para as que possuem diagnóstico de TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade). 

"O TDAH é muito parecido com o Autismo, mas o autismo teve um grande avanço em políticas públicas para pessoas com autismo. Avaliando todo esse processo apresentamos um projeto igualando os atendimentos, as políticas públicas para o TDAH. Temos 2 milhões de brasileiros que tem esse diagnóstico e que precisa dessa atenção especial”, explicou.

O deputado comentou que o projeto está em tramitação nas comissões técnicas da Casa legislativa e já possui parecer favorável para aprovação. Ele espera que o relatório seja aprovado nesta quarta. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário