Fábio Novo rebate oposição e defende empréstimo de 760 milhões do governo estadual

As duas mensagens, encaminhadas pela governadora Regina Sousa a Assembleia, solicitam ao legislativo autorização para contratar ao todo US$ 150 milhões de dólares junto ao banco.

08/05/2022 10:32h

Compartilhar no

O deputado estadual Fábio Novo (PT) rebateu ataques recentes de parlamentares de oposição que criticaram as duas mensagens encaminhadas pelo governo estadual para contrair mais de R$ 700 milhões em empréstimos junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD). As duas mensagens, encaminhadas pela governadora Regina Sousa a Assembleia, solicitam ao legislativo autorização para contratar ao todo US$ 150 milhões de dólares junto ao banco. 

Fábio Novo defendeu o projeto e explicou que a falta de recursos federais gera a necessidade de contrair empréstimos para investimentos. Vou votar favorável, quando a gente não tem o aporte do governo federal, que se recusa a mandar recursos de forma voluntária, nós temos que ir para um lugar que pode nos dar os recursos para que as coisas possam acontecer” disse o deputado.

Foto: Tarcio Cruz

A Mensagem nº 27 pede autorização para contratar operação de crédito junto BIRD, para financiamento do Programa de Investimento em Saúde e Proteção Social para Recuperação do Desenvolvimento Humano Pós-Covid-19 no Piauí com valor de até US$ 50 milhões de dólares. Já a Mensagem nº 28 pede autorização para contratar, também com o BIRD,  para financiamento do Projeto Piauí: Pilares de Crescimento e Inclusão Social II no valor de US$ 100 milhões de dólares, dividindo esse valor para as duas operações supracitadas no valor de US$ 50 milhões. Com a cotação de R$5,08 do último pregão, o valor total do empréstimo seria de R$ 762 milhões.


“O Piauí não deve a União”, diz Novo

Fábio Novo ainda defendeu que o histórico de pagamentos dos empréstimos seria favorável ao Piauí no contexto de contrair mais uma linha de crédito. “O Piauí organizou as suas finanças e tem capacidade de contrair empréstimos e pagar. Tem pagado todos os seus empréstimos das obras e dos recursos que chegam para serem transformados em serviços. O Piauí não tem dívida com a união, a nota do Piauí hoje, é a nota B do tesouro nacional. A oposição, com todo respeito, está equivocada, é mais um gesto de que não deseja que o estado receba os recursos para colocar o discurso do caos e se apresentar como solução. Tudo que for de recurso para o Piauí o voto do Fábio Novo será a favor”, concluiu o deputado. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário