Flávio Dino espera avanço na candidatura de Lula e defende federação com o PT já em março

Nesta manhã o gestor visitou a cidade de Timon e anunciou a entrega de dez leitos de UTI neonatal e 24 leitos de enfermaria

25/02/2022 11:49h - Atualizado em 25/02/2022 12:27h

Compartilhar no

O Governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino, revelou na manhã desta sexta (25) que acredita em um avanço na candidatura do ex-presidente Lula nos próximos meses. Aliado histórico do PT, Dino é um dos articuladores da caminhada do ex-presidente no nordeste, pelas mãos do maranhense passa a ratificação do acordo pela federação partidária entre o seu partido o PSB, o PT e o PC do B.

Nesta manhã o gestor visitou a cidade de Timon e anunciou a entrega de dez leitos de UTI neonatal e 24 leitos de enfermaria no hospital Alarico Pacheco, além de entregar viaturas uma quadra poliesportiva, cestas básicas e melhorias no sistema de abastecimento de água e pavimentação de vias.

Dino lembrou a parceria histórica entre Lula e o Estado do Maranhão e confirmou que tem dialogado constantemente com o ex-presidente. “O Maranhão recebeu muito investimento durante o governo do Lula, esses desacertos todos que estão aí revelados, inflação, desemprego, preço dos combustíveis, tudo isso mostra o sentimento dominante no sentido de que aquilo de certo no cenário nacional deve voltar. Tenho conversado muito com o ex-presidente Lula, espero que a sua candidatura avance, e ele terá sem dúvida o meu apoio em todos os momentos”, disse o gestor.

Federação com o PT

O governador do Maranhão, que também é presidente do PSB no estado, fixou um prazo para a conclusão da federação entre o seu partido e o PT. Curiosamente no Piauí vários deputados estaduais e federais aguardam com ansiedade o desfecho e a oficialização da federação para se filiarem ao PSB, comandado no Piauí pelo ex-governador Wilson Martins.

Para Dino o mês de março seria o momento ideal para concretizar a aliança. “Nós temos uma data no mês de março para que isso seja definido, a data legal é maio, mas eu creio que o momento certo é antes das filiações partidárias. Eu defendo a federação, é uma forma jurídica nova de promover uma ampla união deste campo que apoia o ex-presidente Lula. Defendo que o PC do B, PSB e o PT possam fazer essa federação. Espero que dê certo”, concluiu.

FOTO: Tarcio Cruz/ODIA

Candidato a governador definido

Ainda durante a solenidade, Flávio Dino confirmou que o seu grupo político apoiará o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, na disputa pelo Palácio dos Leões. “É uma decisão do grupo político que eu tenho a honra de liderar, fiz uma ampla consulta nos prefeitos que nos apoiam,  deputados estaduais, partidos políticos e em todos os segmentos havia o mais amplo apoio ao vice-governador Carlos Brandão. Como democrata tenho que ouvir a opinião da maioria que optou pela indicação do vice-governador e é essa a minha posição. Respeito a trajetória e a legitimidade de cada um, mas não posso abrir uma dissidência”, concluiu o governador. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário