Gessy Fonseca acena para motoristas de aplicativos e faz críticas ao Inthegra

A empresária também fez críticas ao sistema Inthegra, em especial na destinação de faixas exclusivas para ônibus na avenida principal do bairro Dirceu Arcoverde.

26/10/2020 15:24h - Atualizado em 26/10/2020 16:14h

Compartilhar no

A empresária Gessy Fonseca, do Partido Social Cristão (PSC), é uma das mulheres que estão na disputa pela cadeira no Palácio da Cidade. Na sua estreia em campanhas políticas, Gessy tem um discurso voltado para os motoristas de aplicativo. Em entrevista à O Dia TV, canal 23.1, a candidata afirmou que a categoria terá todo apoio da Prefeitura de Teresina, caso seja eleita.


Leia também: Valter Alencar desiste da pré-candidatura e PSC homologa empresária para o pleito 


“Vamos fortalecer você que é motorista por aplicativo, que foi perseguido, inclusive, queriam tirar você de circulação. Na nossa gestão você vai ter todo o apoio da prefeitura, vai poder andar por Teresina com qualidade e segurança. Porque os motoristas de aplicativo têm uma grande importância na mobilidade de Teresina”, enfatizou.

A empresária também fez críticas ao sistema Inthegra, em especial na destinação de faixas exclusivas para ônibus na avenida principal do bairro Dirceu Arcoverde. Gessy Fonseca ressaltou que possui uma loja no local e, após instalação das faixas, os comerciantes da região começaram a acumular prejuízos pela falta de clientes.

Foto: Elias Fontenele/O Dia

“Não se pode estacionar e eles colocaram como opção as ruas laterais, mas as ruas laterais têm residências, o que acabou gerando um impasse entre os comerciantes e os moradores. Por essa falta de estacionamento, os clientes saíram do Dirceu e foram para o shopping e geraram grandes prejuízos, muitas lojas fecharam e muitas pessoas perderam seu emprego por conta de ações impensadas para de fato atender ao interesse da população, o que é para ser um facilitador na vida do teresinense, na verdade trouxe dificuldades”, afirmou.

Por isso, a empresária defende uma reorganização do sistema de transporte público, com a instalação de Veículos Leve sobre Trilhos (VLTs), com custo operacional mais baixo do que os ônibus e com menos poluição para o meio ambiente. Além disso, Gessy Fonseca também quer o fim da indústria da multa, com ações mais voltadas para a educação e menos para a punição.


Foto: Elias Fontenele/O Dia

Por ter experiência com o empreendedorismo, a candidata também destacou que pretende usar a revitalização do Centro de Teresina para fortalecer a cultura e a economia da capital. A proposta do seu plano de governo é de revitalizar praças do Centro e implantar feiras para incentivar o empreendedorismo e as atividades culturais, não apenas durante o dia, mas também à noite. Já no âmbito da educação, a promessa é levar aulas de empreendedorismo para alunos a partir do 5º ano do Ensino Fundamental das escolas municipais.

“Eu acredito que o empreendedorismo é a chave para destravar a economia de Teresina. Hoje, no Brasil, mais de 50% dos empregos formais são gerados pelos micros e pequenos empreendedores. Temos a meta de gerar até 100 mil novas vagas de trabalho. Praticamente não temos menores aprendizes trabalhando, então a partir do 5º ano os alunos já terão disciplina de empreendedorismo na grade curricular para preparar o adolescente para ser menor aprendiz”, declarou.

Outra proposta para a educação é a ampliação do número de vagas disponíveis nas escolas que compõem a rede municipal de ensino, em especial nas turmas de 0 a 5 anos. Segundo a candidata, a proposta tem como objetivo dar oportunidade para que os pais possam ter um local seguro para deixar os filhos para irem ao trabalho, em especial mães solo. Por fim, Gessy Fonseca também prometeu destinar cursos de empreendedorismo para as mães dos alunos atendidos na rede municipal.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Por: Nathalia Amaral

Deixe seu comentário