Homem acusado de matar travesti em Timon é preso pela Polícia Civil

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 15h do último domingo (23), quando a vítima foi surpreendida pelo suspeito a pedradas e golpes de madeira

26/01/2022 17:28h - Atualizado em 26/01/2022 17:36h

Compartilhar no

A Polícia Civil do Piauí prendeu, na tarde desta quarta-feira (26), um homem identificado pelas iniciais J.V.S, de 30 anos. Ele é acusado de ter matado a travesti Paulinha, na praça Higino Cunha, bairro Santo Antônio, em Timon, na semana passada .


Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu por volta das 15h do último domingo (23), quando a vítima foi surpreendida pelo suspeito a pedradas e golpes de madeira. Testemunhas disseram à polícia que viram o suspeito próximo ao local do crime e que ele chegou a pedir água para beber e limpas as pernas que estavam sujas de sangue da vítima.

Foto: Reprodução/Redes Sociais 

Ainda segundo a polícia, o homem negou que tenha participado do crime, mas ao ser interrogado reconheceu ser a pessoa que aparece em um vídeo deixando o local onde a vítima foi encontrada morta.

O suspeito foi preso após mandado de prisão expedido pela 3ª Vara Criminal de Timon, no Maranhão.  A Polícia Civil informou que tem provas suficientes para apontar o homem como autor, mas trabalha na motivação do crime.

Após a prisão, o homem foi encaminhado ao presídio Jorge Vieira, em Timon. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário