João Dória desiste de se candidatar à presidência da República

A decisão foi divulgada na manhã desta quinta-feira (31)

31/03/2022 08:54h - Atualizado em 31/03/2022 11:24h

Compartilhar no

O Governador de São Paulo João Dória (PSDB), desistiu de se candidatar à Presidência da República. A decisão foi divulgada na manhã desta quinta-feira (31), último prazo para que o chefe do executivo do estadual paulista deixasse o cargo para a disputa nacional. Especula-se que Dória deva tentar disputar a reeleição para governador de São Paulo.

(Foto: TIAGO QUEIROZ/ESTADÃO CONTEÚDO/Estadão Conteúdo)

João Dória havia vencido as prévias do PSDB, derrotando o adversário Eduardo Leite, o então governador do Rio Grande do Sul. Mas, o tucano paulista não conseguiu deslanchar nas pesquisas, pontuando entre 1% e 4% nas intenções de voto. O tucano cancelou agendas externas e manteve evento com prefeitos no Palácio dos Bandeirantes às 16h, quando deve fazer o anúncio oficial.

As primeiras pessoas a serem comunicadas da desistência, antes mesmo do jantar organizado pelo empresário e amigo Marcos Arbaitman começar, foram o vice-governador, Rodrigo Garcia (que viraria governador com a renúncia de Doria); o presidente da Assembleia Legislativa, Carlão Pignatari (deveria receber a renúncia); e os secretários estaduais da Casa Civil, Cauê Macris; e de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. Todos do PSDB.

Com agendas públicas canceladas até às 16h desta quinta, quando é esperado um pronunciamento oficial de Doria, aliados ainda tentam reverter a decisão ou amenizar os impactos dela sobre a pré-candidatura de Garcia ao Estado. Mas ainda sob o impacto avassalador da notícia.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Estadão Conteúdo

Deixe seu comentário