Joel Rodrigues aposta em discurso de mudança com experiência

Ele reconheceu a força política Wellington Dias, mas defendeu o crescimento da oposição com as adesões de lideranças

14/07/2022 16:20h

Compartilhar no

O pré-candidato ao Senado, Joel Rodrigues (Progressista), deverá pregar durante o período eleitoral que o Piauí precisa de mudança, porém, uma mudança com experiência. O mote foi apresentado por Joel Rodrigues durante entrevista ao programa O Dia News, da O Dia Tv, que iniciou esta semana uma série de entrevistas com os pré-candidatos a senador pelo Piauí.

Joel Rodrigues acumula uma experiência de três mandatos de vereador, quatro de prefeito em Floriano e passagem pela Assembleia Legislativa. Para ele, essa trajetória proporcionou um entendimento da máquina pública, dos problemas enfrentados pelos municípios e, ao mesmo tempo, a importância do diálogo necessário no legislativo. “Estou tranquilo, adquiri uma experiência de vida ao longo da minha trajetória. É hora de fazer mudança com experiência”, afirmou.

Foto: Jailson Soares / O Dia

Com quase três anos de mandato de prefeito de Floriano pela frente, Joel renunciou ao cargo e assumiu o desafio de disputa vaga ao Senado contra o ex-governador Wellington Dias, de quem já foi aliado. Na entrevista, ele explicou a saída do grupo governista ao comparar a relação com um casamento que não vai bem.

Ele reconheceu a força política do principal concorrente, mas defendeu o crescimento da oposição com as adesões de lideranças. “O grupo saiu de meia dúzia de prefeitos a quatro anos atrás para quase 120, sem falar em tantos outros líderes presentes em todas as cidades do Piauí”, comentou.

Foto: Jailson Soares / O Dia

Joel Rodrigues deixou subentendido que usará também suas gestões em Floriano como comparativo com o governo do estado ao falar sobre sobre as propostas, momento que elegeu a Educação como principal bandeira, enquanto, por outro lado, desferiu críticas para área da segurança pública.

“Sai da gestão sendo aplaudido pelo povo da minha cidade e lá tinha muitos professores. A palavra de ordem era gratidão. Como vou transformar a vida dos piauiense se a vertente principal não for a Educação? O piso foi pago, cumprimos o piso nacional. Foi um grande legado que deixei”, apontou. 

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário