Lista tríplice para novo desembargador do TRT será enviada a Bolsonaro nesta segunda

Os advogados Vicente Resende, Cinéas Nogueira e Téssio Tôrres foram os escolhidos para disputarem uma vaga

03/07/2022 09:39h

Compartilhar no

O Tribunal Regional do Trabalho da 22ª Região (TRT-22) definiu na última sexta, em Sessão Administrativa do Tribunal Pleno, a lista tríplice do Quinto Constitucional da Advocacia. Os advogados Vicente Resende, Cinéas Nogueira e Téssio Tôrres foram os escolhidos para disputarem uma vaga de desembargador do TRT-22.

O pleito foi dividido em duas fases. A primeira correspondeu ao cumprimento dos requisitos constitucionais, onde foram avaliados os critérios: reputação ilibada, mínimo de 10 anos de efetiva atividade profissional e notório saber jurídico. E a segunda fase, na qual foi realizada a votação de forma nominal, aberta e fundamentada pelos desembargadores.

FOTO: TRT/ Divulgação

Eleito em 1° lugar, com 5 votos, o candidato Vicente Resende falou sobre a expectativa para a próxima fase. “Sou advogado há quase 20 anos, sou professor e toda a minha vida foi pautada pelo Direito do Trabalho. Estamos conversando e dialogando na expectativa de que o presidente da República possa me escolher para esta Corte”, explicou.

Advogado há quase 25 anos, o candidato Cinéas Nogueira ficou em 2° lugar na lista tríplice e falou sobre os projetos para a Justiça do Trabalho, caso seja o próximo desembargador do TRT-22. “Minha meta, caso seja escolhido, é ampliar o acesso à Justiça do Trabalho, principalmente para quem está no interior, advogados e jurisdicionados”, disse.

Já o advogado Téssio Torres, eleito em 3° lugar, agradeceu a confiança depositada pelos magistrados que participaram do pleito. “Estou muito feliz por esse voto de confiança, afinal, são 15 anos de trajetória no âmbito da Justiça do Trabalho, participando de audiências e realizando sustentação oral perante o Tribunal”, afirmou.

A Sessão Administrativa do Tribunal Pleno foi conduzida pela desembargadora-presidente Liana Ferraz de Carvalho, que parabenizou os eleitos. “Excelentes nomes compõem a lista tríplice do Quinto Constitucional da Advocacia do TRT-22. São advogados militantes da Justiça do Trabalho e conhecidos por todos nós. Qualquer um deles desempenhará bem a função de desembargador”, concluiu.

A lista tríplice será enviada, na segunda-feira (4/7), ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), que encaminhará ao Ministério da Justiça e Segurança Pública e, posteriormente, ao presidente da República para a escolha do nome para ocupar a vaga de desembargador do TRT-22.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no
Fonte: Com informações Ascom TRT

Deixe seu comentário