Medebistas aguardam outra reforma de Dr. Pessoa e possível perda de cargos na Prefeitura

Desde que assumiu Dr. Pessoa já fez pelo menos quatro “reformas”, vários secretários foram substituídos e posteriormente renomeados

11/04/2022 08:07h

Compartilhar no

A relação turbulenta entre o MDB e o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, deve fazer novas vítimas nas próximas semanas. De saída do partido para se filiar ao Republicanos, o prefeito ensaia nos bastidores mais uma reforma no primeiro escalão da gestão, com as mudanças os membros do MDB devem deixar os cargos que indicam.

Desde que assumiu Dr. Pessoa já fez pelo menos quatro “reformas”, vários secretários foram substituídos e posteriormente renomeados, as idas e vindas mostram a inconsistência da gestão de Dr. Pessoa. Na comunicação, por exemplo, a pasta foi rebaixada de secretaria para coordenadoria no início da gestão, agora voltou a ser secretaria. O Secretário João Henrique foi outra vítima da inconstância do prefeito, no início da gestão foi afastado, chegou a ser cotado para a secretaria de governo e acabou na secretaria de planejamento.

Um dos medebistas que indicam cargos na gestão de Dr. Pessoa, o deputado estadual Henrique Pires, revelou que não foi discutido com o partido o assunto, porém demonstrou confiança na manutenção da sua indicação. “Eu vejo pelo jornal, acho que enquanto a secretária Elisabeth Sá estiver lá e tiver a confiança do Dr. Pessoa, assim como os outros secretários, eles devem desempenhar o melhor papel para Teresina. O Dr. Pessoa tem o conhecimento para fazer o que é melhor para Teresina”, afirmou.

Mesmo apoiando um vereador que era da base de Kléber Montezuma, o ex-vereador Zé Filho, Henrique explica que o seu grupo apoiou o prefeito no segundo turno. “Não tenho vereador na Câmara, temos um grupo e esse grupo teve 11 mil votos para vereador, a grande maioria já estava na campanha do Dr. Pessoa, não vejo essa questão do MDB estar no lançamento de outra candidatura. As convenções serão em julho, aí cada partido tomará o seu posicionamento, acredito sim no Dr. Pessoa com uma terceira via ou no nosso lado com Rafael Fonteles”, concluiu o deputado. 

FOTO: Redes Sociais/Divulgação

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário