Na véspera de lançamento de pré-candidatura de Gessy, parte da diretoria deixa o PSC

O grupo era ligado a Gessy e foi levado por ela para o PSC

27/05/2022 17:07h - Atualizado em 27/05/2022 17:47h

Compartilhar no

O Partido Social Cristão (PSC) no Piauí sofreu uma baixa de seis membros que ocupavam cargos na diretoria da sigla nesta sexta-feira (27/05). O esvaziamento da executiva do partido acontece na véspera do evento que lançará Gessy Fonseca como pré-candidata do PSC para o governo do estado, que acontece neste sábado (28/05), em Teresina.  

O Portal O Dia apurou que deixaram o partido: o primeiro vice-presidente, Hilney Soares; secretário-geral, Anderson Abreu; primeiro tesoureiro, Márcio Andrade; primeiro vogal, Giovani da Silva Melo; segundo vogal, Mário Barros; e terceiro vogal, Francisco Pessoa.

Foto: Assis Fernandes / O Dia

“Todos só querem se desvincular da imagem da Gessy pelos posicionamentos políticos dela, os acontecimentos dos últimos meses, os escândalos. Cada um de maneira individual, não foi algo orquestrado, mas cada um de maneira individual tomou a decisão. Todos viram que ela não teve essa expertise para manter o capital politico”, disse uma fonte ouvida pela reportagem. 

O grupo era ligado a Gessy e foi levado pela ex-secretária de Economia Solidária de Teresina para o PSC. Alguns dos nomes estiveram com ela durante a campanha para prefeita de Teresina em 2020. 

Ao O Dia, Gessy se reservou a dizer que todo o dia entra e sai membros no partido e deixou entender que desconhece a saída dos membros do partido.

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário