Podemos oficializa chapa federal e fecha as portas para coligação com Rafael Fonteles

o Podemos ainda não estabeleceu qual será o caminho majoritário, a sigla está divida entre apoiar a candidatura de Silvio Mendes ou compor com o pré-candidato Coronel Diego

14/07/2022 12:12h

Compartilhar no

O Podemos oficializou na manhã desta quinta (14) a sua chapa de pré-candidatos a deputado federal. Sob nova direção no Estado, o partido terá como pré-candidato ao senado o empresário Fábio Sérvio e ocupará todas as vagas da chapa federal. Apesar da definição no âmbito proporcional, o Podemos ainda não estabeleceu qual será o caminho majoritário, a sigla está divida entre apoiar a candidatura de Silvio Mendes ou compor com o pré-candidato Coronel Diego, do Partido Liberal.

Fábio Sérvio explicou que o momento é de reconstrução no Estado e valorizou a parceria com o ex-senador João Vicente Claudino. “Estamos oficializando a chapa de federal e a composição do senado. O Podemos tem cinco anos e vivemos um início de história que uniu o nosso grupo ao do senador João Vicente Claudino. Essa eleição marca a entrada dele no novo partido e de um começo. É uma chapa que terá representatividade diante do clamor da sociedade, junto a isso pessoas novas que tem uma representatividade em áreas como segurança, causa animal, direitos dos deficientes e empresariado por exemplo”, disse o pré-candidato.

FOTO: Tarcio Cruz/ O DIA

Já JVC explicou que a pluralidade de candidaturas na chapa do Podemos seria uma oportunidade para o Piauí. “São homens e mulheres que colocam seus nomes a disposição do partido, e isso nos alegra muito. Vejo uma viabilidade muito boa, o Fábio buscou homens e mulheres que representam segmentos importantes da sociedade, com trabalhos pela sociedade. O Podemos dá ao Piauí uma oportunidade boa para a escolha de candidatos”, disse o ex-senador.

Apoio a Silvio Mendes

João Vicente confirmou também que apoiará o pré-candidato do União Brasil, Silvio Mendes, para o governo estadual. A adesão será oficializada nesta sexta em um ato na zona leste da capital. “Primeiro eu iria votar no candidato a governador do Podemos, que era o Professor Alessander Mendes, ele refluiu da ideia de colocar a candidatura. O caminho que eu acho melhor para o Piauí é pelo candidato Silvio Mendes. É uma decisão minha, não do Podemos, do eleitor João Vicente. Meu compromisso é votar para senador e deputado federal do partido”, finalizou o ex-senador. 

Portas Fechadas para Fonteles

Crítico ferrenho do Partido dos Trabalhadores, Fábio Sérvio deixou em aberto o futuro político do Podemos, porém, mostrou apenas uma certeza, o Podemos não irá se alinhar ao PT. “É possível sim que a gente vá com outro pré-candidato ou que não coligue com outros partidos e foque nas candidaturas ao senado e de deputado federal. A única certeza é que a gente não vai com o Karnak, muito pelas políticas públicas e por entender que precisa de uma renovação”, finalizou o pré-candidato ao senado.  

É permitida a reprodução deste conteúdo (matéria) desde que um link seja apontado para a fonte!

Compartilhar no

Deixe seu comentário